Nas Bancas

Kate e William vão trocar o palácio de Kensington por uma casa no campo

Os duques de Cambridge vão viver para Anmer Hall, uma residência situada em Norfolk. 

Redação CARAS
8 de setembro de 2014, 10:30

Kate e William mal tinham acabado de se instalar na sua residência do Palácio de Kensington, onde gastaram mais de 5 milhões de euros em remodelações – boa parte financiada pelo erário público –, e eis que já estão de mudança marcada para Anmer Hall, uma casa de campo com dez quartos que faz parte de Sandringham (propriedade real com 8,100 hectares em Norfolk, no leste de Inglaterra), que Isabel II ofereceu ao neto como presente pelo seu 30.º aniversário. E na qual gastaram quase dois milhões em obras e decoração, uma parte paga pelas finanças públicas, outra saída dos cofres reais.
A mudança justifica-se, segundo fontes próximas, por duas razões: a primeira, porque o príncipe acaba de aceitar um posto como piloto de ambulâncias aéreas na região; a segunda, porque voltarão a ter a calma e a privacidade de que usufruíram nos dois primeiros anos de casados, em Anglesey. Naturalmente, isso permitirá também que George, agora com um ano, cresça num ambiente mais saudável, em contacto com a natureza, que Kate e William tanto apreciam também.
A outra razão, dizem os comentadores reais ingleses, é o desejo de estarem mais perto da ‘corte’ de William, quer isto dizer, de um grupo de amigos íntimos que vive em Norfolk, muitos dos quais com filhos pequenos, o que proporcionaria a George o convívio regular com outras crianças, coisa que em Kensington não acontecia.
Anmer Hall (que em tempos esteve alugada a Hugh van Cutsem, um dos melhores amigos do príncipe Carlos e anfitrião regular, nesta mesma casa, dos amores clandestinos deste com Camilla Parker Bowles) foi construída em 1802 e tem dez quartos, piscina e court de ténis. Agora, passou a dispor de uma estufa no jardim, de um novo caminho de acesso e mais árvores, de forma a estar mais protegida dos olhares alheios. Kate encarregou-se ela própria da decoração, em que terá apostado nos tons pastel e numa mistura de estilos, conjugando peças modernas com antiguidades da família real.Ainda assim, Buckingham garante que Kesington continuará a ser a residência oficial permanente dos duques de Cambridge, que só planeiam ficar a tempo quase inteiro em Anmer Hall os dois anos do contrato de William (que trabalhará por turnos de nove horas e meia por dia, quatro dias se­guidos, folgando outros quatro).

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras