Nas Bancas

Mulheres famosas erguem a voz contra a violência doméstica

“Estive sempre muito associada a esta causa.” (Fátima Lopes)

CARAS
20 de novembro de 2014, 15:00

Bárbara Guimarães, Fátima Lopes, Tânia Ribas de Oliveira, Cláudia Semedo e Sílvia Alberto foram algumas das mulheres famosas que fizeram questão de dar a voz contra a violência doméstica. A leitura dramatizada dos textos Feridas de Morte por parte destas mulheres, na sessão de abertura das III Jornadas Nacionais Contra a Violência Doméstica e de Género, não deixou ninguém indiferente. “Estive sempre muito associada a esta causa, sempre lutei muito para acabar com este flagelo e continuo a trazer temas destes ao meu programa”, explicou a apresentadora Fátima Lopes. Por seu lado, a atriz Cláudia Semedo contou: “Foi muito emocionante ler estes textos, que são universais. Cada palavra pareceu uma lâmina cortante.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras