Nas Bancas

Nicole Kidman sobre o marido: “Estou disposta a tudo por ele”

A atriz e o músico estão juntos há quase dez anos e continuam apaixonados como no primeiro dia.

CARAS
10 de novembro de 2014, 18:03

Aos 47 anos, Nicole Kidman é uma mulher realizada e garante que o marido, Keith Urban, tem sido fundamental para conseguir esse equilíbrio emocional. No próximo mês de janeiro a atriz e o músico festejarão o 10.º aniversário de relação, mas não é preciso haver uma data específica para Nicole demonstrar publicamente o amor que sente pelo homem que lhe deu duas filhas, Sunday Rose e Faith.
Recentemente, a atriz foi convidada do programa de Ellen DeGeneres e relembrou a que ponto o cantor country tem contribuído para a sua felicidade, sobretudo desde que enfrentou a morte repentina do pai, Antony Kidman, em setembro último. “As últimas semanas foram muito complicadas para mim. Foi uma tragédia que destruiu a nossa família”, começa por dizer, para depois explicar onde foi buscar forças para continuar a sorrir: “É incrível ter alguém como o meu marido, que me guiou num momento tão difícil. Perdi o meu pai recentemente e ter o apoio incondicional do Keith comove-me”. Nesta ocasião, Nicole deixou ainda bem claro que está disposta a tudo para retribuir todas as coisas boas que o músico trouxe à sua vida: “Faria qualquer coisa por este homem”.
Nicole Kidman e Keith Urban conheceram-se em janeiro de 2005, casaram-se em junho de 2006 e sempre que aparecem juntos em público mostram-se tão apaixonados como no primeiro dia. Por diversas vezes a atriz já deixou claro que a família é a sua prioridade e que, se tivesse que optar, a sua carreira ficaria para trás sem hesitar. “Tenho o dever de aproveitar todos os momentos que a vida me oferece. Nunca sabemos o que vai acontecer-nos e penso ainda mais nisso desde que perdi o meu pai. [Mas] tenho muita sorte. Tenho um marido e quatro filhos [além de Sunday e Faith, a estrela de Hollywood é também mãe de Isabella, de 21 anos, e Connor, de 19, adotados durante o casamento com Tom Cruise] e uma família numerosa. Uma das melhores coisas de envelhecer é que deixamos de dar valor às coisas supérfluas. Basta-me assistir ao nascer do sol, ir à praia ou brincar no parque com as minhas filhas para sentir que a minha vida faz sentido e sentir-me feliz todos os dias”, explicou ainda a protagonista do filme Grace do Mónaco.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras