Nas Bancas

Luana Piovani nega críticas a Portugal

Em causa está o comentário da atriz nas redes sociais em que acusava o nosso país de exploração.

Redação CARAS
29 de outubro de 2014, 16:52

No passado domingo, depois de se saber que Dilma Rousseff tinha sido reeleita presidente do Brasil pelo Partido Trabalhista (PT), Luana Piovani deixou o seguinte comentário no Twitter: “O Brasil foi explorado tantos anos por Portugal e agora continuará a ser pelo PT! Não é a toa que a sigla de Portugal é PT! Eu votei Aécio!”. O post rapidamente começou a circular e os comentários negativos, que acusavam a atriz de criticar Portugal, não se fizeram tardar. Ao que Luana Piovani respondeu: “Sou responsável pelo que escrevo, não pela maneira que os petistas interpretam! Falo o que penso, não o que vocês querem ouvir”. Uma atitude que gerou alguma revolta nos brasileiros que consideram Portugal “o povo irmão”.
Mas agora, a atriz, de 38 anos, nega ter falado mal do nosso país. “Amo Portugal! O meu sonho é ir para aí com [peças de] teatro e conseguir ficar um pouquinho para curtir as pessoas, o clima e os vinhos”, disse ao Diário de Notícias, adiantando que não usa a sua conta do Twitter há muito tempo e que provavelmente esses comentários vêm de um perfil falso: “Não tenho acedido ao Twitter há muito tempo e isso foi amplamente divulgado por mim. As pessoas que tiverem dúvidas podem pesquisar na internet. Não falei mal de Portugal, amo Portugal e os portugueses, tenho amigos e visito o país sempre que dá. Os meus livros são publicados na terrinha e vendem muito bem”.
Já em maio de 2013, Luana Piovani tinha dito no seu site oficial que tencionava fechar a sua conta na rede social. “Sempre respeitei meus limites. Não conduzo, não ando a cavalo e não cozinho. Não me pergunte porquê, só sei que nunca insisti nesses assuntos. Acho que não nasci para eles e ponto. Descobri mais um: o Twitter. Até que demorou…Não adianta, não sei ser velada, não lembro, antes de me expressar, que sou pública e que ‘não me é dado o direito’ de ser sincera sobre qualquer assunto. Ainda não digeri esse meu lugar, mas dou um passo à frente assumindo a minha fraqueza e tirando a minha equipa de campo. No more Twitter for me”, escreveu na altura.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras