Nas Bancas

Jessica Athayde responde à polémica sobre o seu corpo

A atriz desfilou na ModaLisboa e as suas medidas foram alvo de críticas nas redes sociais.

Redação CARAS
30 de outubro de 2014, 13:30
A convite da Cia. Marítima, a atriz Jessica Athayde, de 28 anos, desfilou na ModaLisboa. Fê-lo de forma descontraída, em biquíni, e acabou por ser alvo de comparações pouco lisonjeiras com as manequins profissionais, o que desencadeou uma polémica que começou nas redes sociais e se estendeu à imprensa. A verdade é que a atriz está em boa forma, apenas não exibirá as medidas-padrão do meio. E resolveu responder às acusações para desincentivar esta espécie de bullying, escrevendo no seu blogue, Jessy James: “Era mais fácil não dar importância ao assunto e deixar morrer a coisa. Era mais fácil... mas não é o que vou fazer, porque as palavras que vos escrevo não são só sobre mim: são sobre as mulheres e a forma como são permanentemente olhadas, julgadas e atacadas. São sobre uma ditadura de imagem imposta, uma tendência redutora de nos verem e de nós próprias olharmos umas para as outras. Isto tem de ser denunciado. Este bullying permanente tem de acabar e pretendo ser uma voz ativa neste caminho que tem de ser percorrido por todas nós. Sou atriz. Não sou modelo. (...) Desfilei na ModaLisboa como convidada. Desfilei com o corpo que tenho que é o meu e no qual me sinto muito bem. Qual não foi a minha perplexidade quando observo que, a propósito de uma fotografia menos feliz, sou alvo de críticas, comentários desagradáveis e uma série de mimos, próprios deste mundo das redes sociais, em que ainda nos estamos a habituar a viver. Estes comentários foram feitos na maioria por mulheres. Mulheres, vou repetir. Mulheres que são filhas, mulheres que são mães, mulheres que ainda não perceberam que cada vez que cedem à tentação de atacar outra mulher com base nas suas características físicas, estão a enfraquecer a condição feminina, em vez de lhe dar força. Estão a cultivar as inseguranças, as desordens alimentares, a escravidão da imagem.” 
Na sequência deste post, algumas figuras públicas manifestaram-se acerca do assunto, sempre solidárias com a atriz. Contactámos quatro mulheres que integraram a mais recente lista de elegantes da CARAS para conhecer também as suas opiniões sobre o assunto. A apresentadora Liliana Campos defende: “A Jessica é muito gira e fisicamente está muito bem, por isso, faz todo o sentido que tenha sido convidada para desfilar. Mas quem pisa uma passerelle e se expõe, ainda para mais em biquíni, fica mais facilmente sujeito a críticas e deve estar preparado para elas. Acho que ela fez lindamente em ter desfilado.”
Vicky Fernandes, que considera a atriz uma “mulher lindíssima, com uma excelente forma física e que já deveria ser mais impermeável a este tipo de apreciações externas”, defende: “São as nossas imperfeições que nos distinguem dos outros e nos tornam verdadeiramente únicas. A beleza nos dias de hoje tem mais a ver com uma ideia de bem-estar, com um aspeto radiante e bem disposto do que com a perfeição com traços standards.” Por seu lado, a atriz Cláudia Vieira comentou: “Há situações que nos chamam à atenção para o quanto somos cruéis umas com as outras. Acho que nós, mulheres, devemos fazer o que nos deixa confortáveis, e se a Jessica se sentiu bem em aceitar um convite como este, fez muito bem em levá-lo para a frente.” Igualmente solidária está a decoradora Maria Barros: “Foi importante a Jessica ter posto o dedo na ferida. As pessoas pensam que o bullying está confinado às escolas, mas não está. Os bullies das escolas são-no muitas vezes para o resto da vida.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras