Nas Bancas

Familiares e amigos despedem-se de Fernando de Sousa em Lisboa

Por motivos burocráticos, o corpo do jornalista só chegou a Lisboa uma semana depois da sua morte, em Milão, onde estava a acompanhar a cimeira dos chefes de governo europeus sobre o emprego.

Redação CARAS
29 de outubro de 2014, 17:00

Nove dias depois de Fernan­do de Sousa ter morrido na sequência de uma embolia pulmonar quando acompanhava, em Milão, a cimeira dos chefes de governo europeus sobre o emprego, o funeral aconteceu em Lisboa, no Centro Funerário Santa Joana Princesa. Ali se reuniram dezenas de amigos e colegas do jornalista da SIC, que quiseram prestar uma última homenagem a “um homem sempre pronto para trabalhar, independentemente das circunstâncias”, como referiu Alcides Vieira, diretor de Informação do canal, acrescentando: “A verdade é que é quase insubstituível. Era uma pessoa muito afável, amiga, muito alegre e que gostava muito de viver. Tinha sempre uma palavra de incentivo.”
Sem cerimónias católicas, o velório ficou marcado por um vídeo com alguns dos momentos mais relevantes da carreira de Fernando de Sousa, e que incluiu também testemunhos de familiares, amigos, colegas e eurodeputados.
Muito consternado, o jornalista João Adelino Faria recordou o início da sua relação com Fernando, de quem confessou já sentir muitas saudades: “Ele cuidou de mim quando eu era um jovem aprendiz desta profissão. Eu dizia-lhe que já era crescido, mas ele quis sempre apoiar-me e tornámo-nos amigos verdadeiros. Infelizmente para nós e felizmente para ele, morreu da maneira que queria, pois dizia que terminaria os seus dias de microfone na mão.”
Também António José Tei­xeira recordou a sua amizade com o jornalista: “Conheci-o no Diário de Notícias, no início dos anos 90. Era um homem muito humilde, disponível e com uma entrega ao jornalismo sem igual, Ele respirava o jornalismo, essa era a sua vida.”
Após o velório, o corpo seguiu para o Cemitério do Alto de São João, onde foi cremado.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras