Nas Bancas

Kesha

Kesha

Getty Images

Kesha acusa ex-produtor de assédio sexual

A cantora processou Dr. Luke, que afirma ser vítima de difamação.

Redaçao CARAS
16 de outubro de 2014, 18:10

Ao fim de dez anos de colaboração com o produtor Lukasz Gottwald, mais conhecido por Dr. Luke, Kesha apresentou queixa por alegados “abusos sexuais, físicos, verbais e emocionais”. Segundo o TMZ, a cantora afirma que o empresário começou a assediá-la sexualmente pouco tempo depois de assinarem o contrato, tinha ela apenas 18 anos, e que a obrigava a beber álcool e consumir drogas para ficar mais desinibida.
Agora, a artista pretende conseguir com que o tribunal cancele o contrato de forma a poder libertar-se dos abusos de que alegadamente tem sido vítima. Entre os episódios relatados, a artista refere que uma vez o produtor a obrigou a “cheirar uma substância antes de entrar num avião antes de a espancar” e que noutra ocasião acordou nua na sua cama, sem se lembrar de nada, depois deste a ter obrigado a tomar drogas.
Dr. Luke – que já trabalhou com outras estrelas da música, como Britney Spears, Katy Perry e Christina Aguilera – também já entrou com uma ação judicial contra Kesha, garantindo que a cantora está apenas a tentar denegrir a sua imagem e a fazer com que perca dinheiro, terminando o contrato antes do previsto sem ter que pagar-lhe uma indemnização.

 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras