Nas Bancas

Mark Zuckerberg doa 20 milhões de euros para a luta contra o ébola

O fundador do Facebook comprou parte de uma ilha no Havai para ajudar a investigação da doença.

Redação CARAS
15 de outubro de 2014, 11:47

Mark Zuckerberg decidiu prestar o seu contributo no combate ao ébola. O fundador da rede social Facebook e a mulher, Priscilla Chan, compraram uma parte da ilha Jardim, pertencente ao Havai, no valor de 62 milhões de euros, 20 milhões dos quais doaram para a investigação na Fundação dos Centros para o Controlo de Doenças.
Zuckerberg, de 30 anos, fez o anúncio esta terça-feira, 14 de outubro, através do Facebook. “Temos de conseguir controlar a epidemia do Ébola num curto prazo de tempo com o objectivo de que não se propague mais e se converta a longo prazo numa crise sanitária global que tenhamos de combater durante décadas. Temos esperança de que isso ajudará a salvar vidas e a manter este surto sob controlo”, afirmou.
De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), nas últimas semanas morreram mais de 4400 pessoas através do contágio do ébola, em países como Guiné Conacri, Serra Leoa e Libéria. Além disso, estima-se que haja ainda 9000 indivíduos infetados com o vírus.  

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras