Nas Bancas

Gerard Depardieu

Gerard Depardieu

Getty Images

Gérard Depardieu revela que se prostituiu quando era jovem

O ator conta a sua vida atribulada numa autobiografia.

Redação CARAS
7 de outubro de 2014, 18:15

Aos 65 anos, Gérard Depardieu está mais polémico que nunca. O ator francês, que nos últimos anos tem sido notícia pela sua oposição à política do seu país, o que o levou inclusivamente a pedir a nacionalidade russa, e por enfrentar problemas com o álcool, lançou agora uma autobiografia que também promete dar que falar. A obra, intitulada Foi Assim Que Aconteceu, relata os primeiros anos de vida do artista em Chateauroux, onde nasceu, e mais tarde em Paris. Depardieu reconhece que chegou a recorrer à prostituição quando era jovem e que enganou e agrediu alguns clientes para lhes roubar dinheiro e joias. “Eu soube, desde muito movo, que agradava a homossexuais. Eu batia num tipo e saía dali com todo o seu dinheiro”, recorda. Mas desta fase da sua vida, o polémico ator lembra ainda os roubos de carros, que lhe valeram algum tempo na prisão, que destruiu sepulturas para roubar joias e que o álcool continua ser um dos seus maiores problemas. “Eu não consigo dormir se não estiver a cair de bêbado”, admite o artista, que recentemente assumiu beber até 14 garrafas de vinho por dia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras