Nas Bancas

Sofia Jardim: "Gosto de acompanhar os passos importantes da vida das minhas filhas”

A CARAS acompanhou a responsável de comunicação e as duas filhas, Luz, de três anos,  e Leonor, de cinco – da sua relação com Domingos Amaral –  a ultimar as compras  para o regresso à escola. 

Redação CARAS
24 de setembro de 2014, 10:47

Comprar mochilas, material escolar e alguma roupa para a nova estação faz parte do ritual de muitas famílias quando chega esta época do ano. Sofia Jardim não é diferente e já há algumas semanas que em sua casa se prepara o regresso à escola. Foi numa dessa idas às compras que a CARAS acompanhou a responsável de comunicação e as filhas, Leonor, de cinco anos, e Luz, de três, da sua relação com o escritor Domingos Amaral. “Gosto que sejam as minhas filhas a escolher algumas coisas que vão usar. Como elas são muito decididas e não entram em exageros, deixo que o façam.” Este ano ainda mais, pois é a primeira vez que Luz vai para a escola e Leonor vai começar um ano de grandes aprendizagens. “Este ano será uma nova etapa na vida da Luz, já que é a primeira vez que vai à escola e a Leonor já prometeu tomar conta da irmã. Por outro lado, para a Leonor também será uma novidade, pois vai para a pré-primária aprender a ler, a escrever...”, sublinhou Sofia, que gosta de estar atenta a todas as aprendizagens das filhas. “Elas crescem muito depressa e gosto de acompanhar cada passo importante da vida delas”, concluiu.
Entre algumas provas de rou­pa Sofia Jardim, hoje com 40 anos, também recordou o seu primeiro dia de escola: “Lembro-me tão bem... Eu tinha quatro anos e foram os meus pais que me levaram. Entrei na sala e comecei logo a brincar. A minha mãe diz que eu estava um bocadinho ansiosa, mas disso já não me recordo. Mas, o melhor de tudo é que as minha melhores amigas são precisamente as que mantenho desse tempo.” Era veterinária que Sofia pensava que seria, “isso ou piloto de aviões.” Já Leonor gostaria de ser professora “para poder mandar fazer tudo o que ela quer”, contou, com humor, a responsável de comunicação. É que a filha mais velha “sabe bem o que quer e é difícil de dobrar. Mas ao mesmo tempo é muito meiga, ligada a mim e muito protetora da Luz.” 

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras