Nas Bancas

Catarina Furtado

Catarina Furtado

Luís Coelho

Catarina Furtado: “Há formas de mostrar a realidade às crianças”

Na inauguração da exposição “Too Young to Wed”, a apresentadora e atriz defendeu que não se deve esconder completamente às crianças as realidades mais duras.

Redação CARAS
23 de setembro de 2014, 15:00

Com um percurso reconhecido na luta pelos direitos humanos, Catarina Furtado faz os possíveis por marcar a diferença. A embaixadora de Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População e fundadora da associação Corações com Coroa uniu-se a outras associações para trazer a Lisboa a exposição Too Young to Wed (novas demais para casar), patente no átrio da sede da Caixa Geral de Depósitos. A mostra, que foi vista pela primeira vez em Nova Iorque em 2012, reúne mais de 30 fotografias e infografias sobre o tema dos casamentos precoces e forçados, que afeta milhões de crianças.
Satisfeita com esta ‘conquista’, Catarina defende que o conhecimento de outras realidades deve começar cedo, por isso tenciona levar a filha, Beatriz, de seis anos, a esta exposição: “Não vou trazer o João Maria, mas a Beatriz sim... Acho que há sempre formas de mostrar a realidade às crianças e isso cabe-nos a nós. As coisas têm de ser contadas de forma adequada à idade, com panos quentes, mas não se devem esconder.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras