Nas Bancas

Carla Ascenção e Pedro Ribeiro: “Temos muita vontade de ser pais”

O casal conversou com a CARAS durante as férias no Algarve. 

André Barata
21 de setembro de 2014, 10:00

Casados desde agosto de 2012, mas juntos há cinco anos, Carla Ascenção, de 33 anos, e Pedro Ribeiro, de 38, defendem que a distância não importa quando se ama. Por isso, quando o marido foi para o Qatar trabalhar como project leader na construção do maior centro comercial daquele país, Carla acabou por decidir ficar em Portugal e não desistir de uma carreira que construiu ao longo de dez anos, como pivô, jornalista e coordenadora de Informação do Porto Canal. De férias no Algarve, o casal aceitou o convite da CARAS para uma sessão fotográfica, seguida de uma conversa onde se falou de medos e desejos para o futuro.
– De que maneira veio o casamento mudar as vossas vidas, uma vez que já estavam juntos há cinco anos?
Carla Ascenção – O casamen­to acentuou a nossa cumplicidade, o companheirismo. O apoio que já éramos um para o outro intensificou-se muito! O Pedro é o meu maior apoio, a todos os níveis. Mudou também a nossa relação, devido à distância, pois o Pedro está no Qatar. Sempre o incentivei para que aceitasse o projeto, embora soubesse que a nossa vida ia mudar!
– O ano passado estiveram algum tempo sem conseguirem encontrar-se. Como lidaram com isso?
Pedro Ribeiro – Foi a primeira vez que estivemos separados e logo durante quatro meses... não foi nada fácil. Quando nos voltámos a encontrar percebemos que não dava para repetir... Não conseguimos estar tanto tempo separados! Desde que estou com a Carla, a minha maneira de estar na vida mudou e hoje quero fazer aquilo que mais traz felicidade. Vivo para fazer a Carla feliz, por isso, hoje já consigo vir a casa pelo menos uma vez por mês.
– Já falam em alargar a família?
Queremos ter uma filha igual à Carla! [risos]
Carla – Temos muita vontade de ser pais, mas só o seremos quando o Pedro voltar a Portugal e estiver mais tempo a meu lado.
– Em 2013, foi eleita a melhor pivô de informação do país...
Carla – Foi uma nomeação que me surpreendeu muito e que, acima de tudo, me honrou. Foi muito importante para mim!
Esse reconhecimento re­fletiu-se na sua carreira?
Sim, cla­ro... Surgiram algumas propostas, mas não eram as que queria neste momento. Adoro desafios e o Porto Canal sabe disso, por isso tem apostado tanto em mim! É claro que nesta área as coisas podem mudar a qualquer momento. Hoje em dia não há empregos para a vida.
Este ano escolheram férias com a família. Conseguem tempo para namorar?
Pedro – Sim, claro! Antes de virmos para o Algarve estivemos cinco dias na Compor­ta, só os dois. Namorámos muito, o tempo estava mau para a praia, então, aproveitámos para namorar!
Carla – Tivemos os nossos dias e agora aqui temos o acréscimo dos mimos de toda a família! [risos] Gostamos muito do Algarve, da zona da Quinta do Lago.
– Depois das férias regressam às vossas rotinas?
Pedro – Sim, mas antes do final deste ano queremos ir a Nova Iorque. É sempre complicado fazer planos, mas em princípio vamos conseguir fazê-lo!
Carla – É verdade! É uma altura crucial a nível profissional, o que torna difícil fazer planos, mas queremos muito ir a Nova Iorque. Adoramos viajar, somos muito cúmplices!

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras