Nas Bancas

Nicole Kidman coloca a família em primeiro em lugar

A atriz diz que não seria feliz se tivesse uma carreira cheia de prémios, mas não uma família que a apoia nos momentos mais difíceis.

Redação CARAS
31 de agosto de 2014, 11:56

Aos 47 anos, Nicole Kidman sente-se uma mulher realizada, tranquila e feliz. Em entrevista para a revista The Edit, a atriz falou da sua vida amorosa, marcada por muitos altos e baixos e da forma como o atual marido, Keith Urban, deu outra dimensão à sua existência. Os dois conheceram-se numa altura em que Kidman estava emocionalmente fragilizada e ainda a tentar ultrapassar o fim do seu casamento de 11 anos com Tom Cruise, ocorrido em 2001. Desde então, são constantes as trocas de carinho e as declarações de amor em público e desta união já nasceram duas filhas, Sunday Rose, de seis anos, e Faith Margaret, que completa quatro em dezembro.
Nesta ocasião, a artista comentou o facto de Keith Urban ter recentemente interrompido um concerto para lhe dedicar algumas palavras. “Oito anos querida. Esta música é para ti. Amo-te tanto”, disse o músico deixando a mulher emocionada e todas as outras mulheres da plateia com inveja daquele momento romântico. “Eu tinha duas amigas ao meu lado [no concerto] e elas ficaram roídas de inveja. Mas eu depressa lhes lembrei que já fui ao inferno e voltei”, conta Nicole Kidman, considerando que merece toda a felicidade que a vida lhe oferece neste momento.
A atriz confessou ainda que foi bom ter conhecido Urban numa fase em que ambos se encontravam meio perdidos. “O Keith diz-me sempre: ‘Tivemos sorte de nos encontrarmos mais tarde na vida. A única coisa triste nisso é o facto de não podermos ter seis filhos juntos, mas a grandeza deste amor e de tudo o que vivemos faz com que agora estejamos totalmente dedicados um ao outro’. É maravilhoso ouvir um homem dizer isto”, relata a atriz.
Já o facto de a sua carreira ter passado para segundo plano desde que se casou com Keith, em 2006, e foi mãe de duas meninas, parece não incomodar a ex-mulher de Tom Cruise. “Dizem que a nossa arte é afetada quando criamos uma família, mas eu prefiro mil vezes ter uma família. Receber os maiores prémios e elogios, mas estar sozinha, não funciona para mim. Pode ser bom para outras pessoas, mas não para mim”, conclui Nicole Kidman.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras