Nas Bancas

Luís Evaristo

Luís Evaristo

Rui Valido

Luís Evaristo feliz na sua pele

O empresário celebra os 15 anos da Casa do Castelo e com um sorriso recordou todas as ‘aventuras’ que viveu desde então.

24 de agosto de 2014, 16:00

Quinze anos depois de ter aberto um dos estabelecimentos mais míticos do Algarve, a Casa do Castelo, que funcionou durante seis anos, Luís Evaristo tem recordado alguns daqueles momentos com noites memoráveis. Depois da Festa de Branco, o empresário celebrou os 15 anos da Casa do Castelo no dia 16, no Puro Beach, em Vilamoura. “A ideia surgiu por parte da Chivas, há três anos, que me lançou o desafio de fazer uma festa por ano que celebrasse o que todos vivemos na Casa do Castelo. Fazemos isto pelos amigos e clientes que têm muitas saudades daquele projeto”, explicou o empresário.
Naturalmente, estas noites despertam também as memórias do próprio Luís Evaristo, que se deixou ficar dependente de cocaína e com isso delapidou o seu património. Já recuperado, afirma: “Não sou muito agarrado ao passado, vivo o hoje e o amanhã, mas a minha vida mudou muito. Sou um privilegiado e acho que tudo o que passei foi por uma razão. Acredito que temos aquilo que precisamos na vida e nunca o que queremos, e eu precisava de passar por tudo o que passei. Estes nove anos voltaram-me para dentro, fizeram-me recuperar a minha essência, e hoje faço tudo para não perder isso. Já andei de jato privado pago por mim e hoje tenho uma capacidade enorme de andar de elétrico com grande orgulho. Se calhar, quando voltar a ter capacidade para andar de jato, vou continuar a andar de elétrico, e isso é o mais engraçado.”

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras