Nas Bancas

Maria João e Ricardo Salgado

Maria João e Ricardo Salgado

Rui Valido

Ricardo Salgado vê nome da família apagado do banco que o bisavô criou

Um dos últimos eventos sociais a que o ex-banqueiro e a mulher, Maria João, compareceram juntos foi a antestreia do filme ‘Grace do Mónaco’, no Palácio Estoril Hotel, a 16 de maio.

Redação CARAS
12 de agosto de 2014, 17:00

Depois de, no passado dia 20 de junho, ter deixado a presidência do Banco Espírito Santo (BES) e de a 24 de julho ter sido constituído arguido no âmbito da operação Monte Branco (que investiga a maior rede de branqueamento de capitais alguma vez detetada em Portugal), na manhã do último dia 4 de agosto Ricardo Espírito Santo Salgado viu o nome da sua família apagado da instituição bancária fundada há quase 100 anos pelo seu bisavó, José Maria do Espírito Santo e Silva.
O anúncio de que o BES ia ser dividido em duas partes – uma “boa” e uma “má” –, e que a “boa” seria rebatizada com o nome de Novo Banco e passaria a ser propriedade do Fundo de Resolução Bancária (gerido pelo Banco de Portugal, mas fundeado nos restantes bancos do setor) e salvaguardaria a posição dos clientes recebendo para tal uma injeção de capital de 4900 milhões de euros foi dada pelo governador do Banco de Portugal, Carlos Costa, no passado domingo. E logo na segunda-feira de manhã as antigas agências do BES abriram como agências do Novo Banco.
Ao comando do BES (que ainda há um mês era o segundo maior banco português) desde 1991, ano da reprivatização, Ricardo Salgado está agora indiciado pelos crimes de burla, abuso de confiança, falsificação e branqueamento de capitais. Recorde-se que o ex-banqueiro foi posto em liberdade sob uma caução de três milhões de euros e está impossibilitado de sair do país e de contactar com algumas pessoas relacionadas com o processo. Retirado na sua casa de Cascais, Ricardo Salgado terá agora na mulher, Maria João, nos três filhos e nos seis netos o seu maior apoio.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras