Nas Bancas

Adam Sandler

Adam Sandler

Getty Images

Adam Sandler ganha processo contra empregada que o acusava de trabalhos forçados

O ator vai receber uma indemnização de Deanne McDonald, que dizia ter sido escravizada durante o tempo em que trabalhou em sua casa.

Redação CARAS
8 de agosto de 2014, 17:43

Chegou ao fim o processo em que Adam Sandler era acusado por uma antiga ama dos seus filhos, Deanne McDonald, de ser escravizada. A mulher foi contratada em 2009 e pouco tempo depois apresentou queixa em tribunal contra o ator, alegando que era vítima de trabalhos forçados e que lhe eram exigidas tarefas que não se adequavam à sua função. Na altura, Sandler resolveu o assunto ao conseguir que Deanne e os seus advogados assinassem um acordo de confidencialidade, em troca de 57 mil euros.
Contudo, a ex-ama dos filhos da estrela de Hollywood quebrou o acordo em que se comprometia em não falar publicamente sobre o assunto e voltou a recorrer aos tribunais. O juiz não aceitou, no entanto, as suas justificações, considerando apenas que esta tinha violado o pacto e que, por isso, teria de devolver ao ator o valor que este lhe pagou.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras