Nas Bancas

Juntos há quatro anos, Sara Matos e Lourenço Ortigão terminam relação

O ator já terminou as gravações da novela “Belmonte” , a atriz ainda está a rodar “O Beijo do Escorpião”, na pele da vilã Alice. Lourenço foi entretanto de férias para o México, e regressou há uns dias.

Redação CARAS
27 de julho de 2014, 12:00

Há algum tempo que se especulava sobre a saúde da relação dos atores Sara Matos, de 24 anos, e Lourenço Ortigão, de 25, que se dizia atravessar uma crise ao fim de quatro anos. Os dois terão tentado resolver os eventuais problemas, já que só muito recentemente decidiram mesmo separar-se. A rutura definitiva tem algumas semanas, e os dois concordaram que não farão, para já, declarações sobre o assunto.
Recorde-se que na véspera do dia de Santo António Sara e Lourenço desfilaram na Avenida da Liberdade como padrinhos da Marcha da Madragoa e mostravam-se sorridentes. Foi a última vez que a CARAS os fotografou juntos. Dias depois, o ator, que entretanto terminou as gravações da novela Belmonte, rumava sozinho ao México para uns dias de férias. Sem a atriz, que estava – e ainda está – a rodar a novela O Beijo do Escorpião, da qual é uma das protagonistas, na pele da vilã Alice. Mas a CARAS sabe que nessa altura os dois davam a relação como terminada. Uma decisão que terão tomado em conjunto e que encerra este capítulo na vida dos dois jovens.
Recorde-se que Sara e Lourenço se conheceram nas gravações da série Morangos com Açúcar, em 2009, e foi ainda durante a exibição de série, que esteve no ar até 2010, que começaram a namorar. No ano seguinte contracenaram na novela Doida por Ti, e para ambos já era óbvio que queriam apostar na representação. A maturidade profissional foi conquistada a par da evolução da relação amorosa, que chegou a um patamar sólido. Os dois já partilhavam casa e Lourenço chegou a explicar à CARAS, numa entrevista dada em fevereiro deste ano, que o dia-a-dia corria bem e de forma equilibrada. “Nós trabalhamos muito, não há um que tenha mais tempo do que o outro. Temos horários de gravações absolutamente incompatíveis, por isso distribuímos bem as tarefas. Quem estiver em casa arruma as coisas. Mas sou eu, por exemplo, que cozinho sempre. Adoro cozinhar, receber os meus amigos e cozinhar para eles. E a Sara não se importa de lavar a loiça.” Nesta mesma conversa, o ator explicava que mantinha uma relação muito próxima com a família, algo conservadora, mas que aceitava bem o facto de ele viver com a namorada, já que, dado os horários exigentes, essa era a única forma de passarem mais tempo juntos. “Se não estivéssemos a morar juntos ia ser muito complicado, só nos vemos mesmo em casa”, dizia, adiantando que tinham uma relação madura e que geriam bem essa falta de tempo: “Nada é complicado porque nós somos, acima de tudo, muito amigos, o que torna as coisas mais fáceis. A amizade e deixar a outra pessoa ter o seu espaço são coisas essenciais para que uma relação funcione e no nosso caso é mesmo isso que funciona. Conseguimos ter a nossa individualidade, programas separados, e depois, quando estamos juntos, é porque queremos mesmo, não é uma obrigação.” Sinais de maturidade que os dois voltariam a dar quando, há uns meses, chegaram a correr boatos de que Pedro Teixeira se teria separado de Cláudia Vieira por causa de Sara. Tanto um como o outro souberam enfrentar a história e negá-la – ambos se mantiveram amigos de Pedro –, mostrando que a relação era imune a rumores. Em maio, por exemplo, Sara recebeu o Globo de Ouro na categoria de Revelação e dedicou-o ao namorado, que aproveitou a oportunidade para escrever na sua página de Facebook: “És incrível! Que orgulho em ti! Parabéns Saró!”
O casal continuou no centro das atenções e entretanto foram surgindo alguns sinais de que o namoro atravessaria um momento difícil, como foi percetível, por exemplo, durante o Rock in Rio, já nos últimos dias de maio, onde estiveram ambos mas nem sempre juntos, acusando alguma tensão quando questionados sobre a relação. A rutura, como se disse, aconteceu só há algumas semanas. Agora, os dois estão apostados em consolidar as respetivas carreiras, e o ator, com quem conversámos no festival NOS Alive, este último fim de semana, fala na hipótese de ir para o Brasil estudar.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras