Nas Bancas

474864191.jpg

Inquérito policial confirma que Peaches Geldof morreu de overdose de heroína

A filha de Bob Geldof foi encontrada morta em casa no passado mês de abril.

Redação CARAS
23 de julho de 2014, 16:38

Peaches Geldof morreu de overdose de heroína. Segundo a estação de televisão BBC, o resultado do inquérito da polícia revela que a apresentadora de televisão esteve durante dois anos e meio a lutar contra o vício das drogas e consumia metadona para o controlar.
De acordo com o marido, o músico Thomas Cohen, Peaches sofreu várias recaídas que a levava a consumir heroína novamente. Uma delas terá ocorrido em fevereiro, um mês antes da sua morte.
A análise ao sangue de Peaches Geldof apresentou traços de codeína, metadona e morfina. Cohen declarou que a mulher fazia análises semanais ao sangue desde que iniciara o tratamento, por isso, acredita que ela terá falsificado os exames.
O patologista Peter Jerreat afirmou que a dose de heroína detetada no corpo da filha de Bob Geldof foi “fatal” e que esta apresentava feridas nos pulsos e polegares. A BBC avança ainda que encontrou 6,9 gramas de heroína durante a investigação policial à propriedade, situada em Davington, Kent.
Recorde-se que Peaches Geldof, de 25 anos, tinha dois filhos, Astala, de dois anos, e Phaedra, de 15 meses.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras