Nas Bancas

Patrícia Tavares

Patrícia Tavares

Luís Coelho

Patrícia Tavares: “Faço a minha vida e não tenho medo, mas estou sempre atenta”

Nuno Simões foi acusado e multado por perseguição, ameaças e assédio à atriz, mas o tribunal não impôs medidas que o impeçam de voltar a aproximar-se de Patrícia ou da filha, Carolina, de 11 anos.

Redação CARAS
19 de julho de 2014, 12:00

Durante cerca de ano e meio, entre 2010 e 2011, a atriz Patrícia Tavares foi perseguida e ameaçada por Nuno Simões. O caso chegou a tribunal e ficou resolvido no passado mês de maio, com o engenheiro civil, de 38 anos, a ser condenado a uma multa e a uma indemnização. Mas a atriz não ficou completamente satisfeita com o resultado, como nos disse na apresentação da sequela de Jardins Proibidos, novela apresentada em 2000 pela TVI: “O processo levou algum tempo em tribunal, mas não teve o desfecho que eu queria, e que era que ele ficasse proibido de se aproximar de mim. Não que isso fosse impeditivo de ele se aproximar, mas dava-me outra segurança.” Ainda assim, Patrícia garante não ter medo: “Faço a minha vida normal e não tenho medo, mas claro que estou sempre atenta, sobretudo pela minha filha [Carolina]. Lembro-a sempre para não estar completamente serena.”
Na ocasião, a atriz partilhou o seu entusiasmo por participar em Jardins Proibidos: “Estou muito feliz, pois é uma boa história, a continuação de uma novela que foi muito acarinhada pelo público, e por trabalhar com tantos amigos.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras