Nas Bancas

Malvino Salvador admite: “As mulheres são o meu ‘karma’”

O ator brasileiro esteve em Portugal para participar na XIX Gala dos Globos de Ouro.

Marta Mesquita
28 de junho de 2014, 14:00

Malvino Salvador, de 38 anos, conquistou o público português com a sua interpretação de Bruno, o protagonista da novela Amor à Vida, em exibição na SIC. Ao lado de Paolla Oliveira, com quem faz par romântico nesta produção brasileira, o ator esteve em Portugal para participar na XIX Gala dos Globos de Ouro, onde exibiu charme e partilhou sorrisos.
Durante esta sua estada em Lisboa, Malvino conversou com a CARAS e revelou o homem que é fora dos ecrãs, partilhando as emoções que experiencia ao lado das mulheres da sua vida, a companheira, Kyra Gracie, que está grávida de cinco meses de uma menina, e da filha, Sofia, de quatro anos, que nasceu de uma anterior relação.
É a primeira vez que vem a Portugal. Quais eram as suas expectativas?
Malvino Salvador
– No Brasil fala-se bastante de Portugal e já tinha muita vontade de conhecer este país, mas nunca se tinha proporcionado. Uma parte da minha família tem ascendência portuguesa e estou a ser muito bem recebido. As pessoas são muito recetivas.
– E ainda consegue passar despercebido em Lisboa ou os portugueses já o reconhecem?
– Não, já me reconhecem, mas lido muito bem com isso. Há atores que se incomodam um bocadinho com essa questão, mas eu não, até porque se me aborrecesse por ser reconhecido não viveria. Sou uma pessoa que gosta de sair de casa, não gosto de estar preso. E, por isso, aprendi a lidar com a fama, que é um reflexo do meu trabalho e, nesse sentido, é algo bom. E quando não dá para tirar uma foto com um fã, por exemplo, permito-me dizer não.
– Atualmente, os portugue­ses podem vê-lo no papel de Bruno, na novela Amor à Vida. Foi uma personagem que o marcou?
– Sim, foi um papel muito importante na minha carreira. Foi o primeiro protagonista que interpretei no horário nobre e, por isso, senti uma responsabilidade ainda maior. E foi uma personagem que precisou de uma carga dramática muito intensa, o que exigiu muito de mim. Senti-me muito realizado com o Bruno.
– Quem é o Malvino de todos os dias?
– [Risos] Sou uma pessoa normal. Valorizo os meus amigos e a minha família e tento levar a vida numa boa. Procuro apro­veitar ao máximo cada dia, evoluir e aprender com os meus erros. Quando erro, peço desculpa. Esforço-me para ser boa pessoa, pensando sempre em como as minhas ações podem afetar os outros.
– Está a atravessar uma fase especial, pois vai ser novamente pai. Está muito entusiasmado com a chegada de outra menina?
– É muito bom ser pai e agora, com a chegada de mais uma menina, ainda fico mais feliz! Costumo dizer que as mulheres são o meu karma! [risos] Não consigo fugir delas! Mas adoro. Tenho uma irmã e várias primas da minha idade, portanto, cresci rodeado de mulheres.
– E que tipo de pai é?
– Sou um pai presente. Um filho precisa de receber amor, carinho, atenção e boa educação. Quero que as minhas filhas tenham uma boa atitude perante a vida e que lutem por aquilo que querem sem passarem por cima dos outros. Eu sou assim e transmito isso à minha filha. Quando ela erra, falo com ela e explico que não pode fazer determinada ação. E quando faz algo correto, também a felicito por isso.
– A sua companheira é pentacampeã mundial de jiu-jitsu e o Malvino também pratica artes marciais. É bom haver dois lutadores fortes lá em casa?
– Eu acho ótimo! E já tive de finalizá-la no jiu-jitsu algumas vezes, o que não é fácil! [risos] Valorizamos muito o desporto, um excelente instrumento de educação. A luta dá-nos confiança.
– Então, lá em casa há uma boa química entre o Malvino e a Kyra…
– Há, com certeza.
– Tem muitos sonhos por realizar?
– Vivo muito no presente. O meu dia-a-dia satisfaz-me. Sou feliz com as coisas que conquistei. Não tenho grandes sonhos, como ser um ator de Hollywood. Estou satisfeito com a minha vida e quero aproveitá-la ao máximo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras