Nas Bancas

Isaltino Morais

Isaltino Morais

Natacha Brigham

Isaltino Morais libertado

O ex-autarca cumprirá o resto da pena em liberdade condicional.

Lusa
24 de junho de 2014, 17:16

O ex-presidente da Câmara de Oeiras Isaltino Morais, condenado a dois anos de prisão por fraude fiscal e branqueamento de capitais, vai sair da cadeia e cumprir o resto da pena em liberdade condicional, por decisão da Relação de Lisboa.
Segundo adiantou à agência Lusa fonte do Tribunal da Relação de Lisboa, o recurso interposto pela defesa de Isaltino Morais "foi julgado procedente", tendo sido revogada a decisão do Tribunal de Execução de Penas de Lisboa, que lhe negou o cumprimento do resto da pena em prisão domiciliária com pulseira eletrónica antes de cumprir um ano de prisão.
Como entretanto Isaltino Morais já cumpriu um ano de cadeia (no passado dia 24 de abril), a decisão de hoje da Relação determina que cumpra o resto da pena em liberdade condicional e não em prisão domiciliária com pulseira eletrónica, como queria a defesa do ex-autarca.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras