Nas Bancas

Diogo Amaral e Vera Kolodzig concretizam sonhos

Na apresentação do livro que resultou de uma viagem a dois, os atores contaram-nos que, assim que puderem, querem viajar com o bebé.

Redação CARAS
16 de junho de 2014, 15:00

Já plantaram uma árvore, têm um filho a caminho e acabam de lançar um livro. “Quer dizer que vamos ser felizes para sempre”, brincou Diogo Amaral no dia da apresentação do livro, Nós Por Aí, que escreveu com a namorada, Vera Kolodzig. O casal decidiu passar para o papel a aventura que viveu numa viagem feita ao sudeste do continente asiático, em 2011, quando namoravam há oito meses. Agora esperam o primeiro filho, um rapaz. A atriz está grávida de quase seis meses: “Este ano não podia estar a correr melhor. São muitos projetos e muitos sonhos a concretizarem-se. E hoje é um dia muito especial, porque é um sonho ter conseguido materializar esta ideia, partilhar as nossas experiências em viagem. É uma sensação incrível. Estamos muito felizes e orgulhosos.” Vera diz estar “tranquila e nada ansiosa” com o parto: “Tem estado tudo a correr muito bem, não tenho tido enjoos, estou ótima. A família está muito entusiasmada com o bebé. Já temos mantinhas feitas pelas avós, já recebemos muitas botinhas...”
Para Diogo, este livro é um primeiro filho e também um sonho concretizado. “Disse muitas vezes à Vera, durante este processo, que nunca pensei que isto fosse possível. Era um sonho que me parecia inatingível. E quando recebi o livro pronto, foi uma emoção muito grande.” O ator tem a noção de que vai ter de mudar algumas coisas na vida com o nascimento do filho, mas tem a certeza de que as viagens não vão acabar: “Quero muito fazer uma viagem em família. Já vi aquelas mochilas que dão para levar os bebés atrás e quero usá-las, se a vida me permitir. Quero muito provar a mim e a muitas pessoas que isso é possível de fazer.” Apesar de ser menos  aventureira que o namorado, Vera é da mesma opinião: “Não sei se seria capaz de o deixar com os avós durante um mês, por exemplo, é muito tempo. Ele tem de ir. Nós também queremos partilhar essa experiência com o nosso filho. Vimos imensos casais a viajar com crianças e é mais possível do que parece. Claro que não iremos para certos países onde se correm mais mais riscos, e pode não ser de mochilas às costas... Mas a metáfora de mochila às costas é sermos nós a fazer o caminho.”
Outra coisa de que o ator tem a certeza é que de vai ser um pai babado: “Quando me perguntam se estou preparado para ser pai, digo: claro que não. Mas tenho a sensação de que vou ficar um ‘banana’ quando isso acontecer. Eu já sou babado por natureza, por isso...” Diogo só não sabe se irá conseguir assistir ao parto.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras