Nas Bancas

Grávida de seis meses, Joana Seixas vive dia descontraído e cúmplice com a mãe

A convite da Pantene, a atriz e a mãe, Maria Helena Seixas, passaram momentos de diversão e contaram quais os cuidados que têm para prevenir o envelhecimento do cabelo.

Redação CARAS
13 de junho de 2014, 10:00

Foi na véspera do Dia da Mãe, data que celebram sempre em família, que Joana Seixas passeou com a mãe, Maria Helena Seixas, na Cidadela de Cascais, a convite da Pantene. Juntas, protagonizaram momentos de muita cumplicidade e contaram que a sua relação sempre foi de amizade, carinho e compreensão. "Temos uma relação espetacular. Sempre fomos muito próximas e falamos várias vezes por dia. Se estamos mais do que dois, três dias sem nos falarmos já se torna muito estranho. Sempre vivi muito perto dos meus pais e contei com o apoio deles. Sou muito cúmplice da minha mãe, falamos sobre todos os assuntos e nunca houve tabus entre nós”, explicou a atriz, enquanto a mãe acrescentou: "Não sei se é cumplicidade, no fundo acho que as pessoas se entendem ou não. Nem sequer sei o que é uma boa mãe... A mãe tem uma função e eu fui assim com as minhas filhas [Joana e Sara] devido à relação que tinha com a minha mãe, que morreu quando eu tinha 18 anos. Efetivamente, acho que consegui ter uma relação fantástica com as minhas filhas. Uma pessoa, quando tem um filho, deixa de ser ela própria e passa a ter uma ligação com um ser eterno. É uma ligação que fica para toda a vida. Entre nós não há segredos, uma mãe tem de estar para o que der e vier. Somos um clã e sempre vivemos muito os quatro. Eu, elas e o pai.”
Sorridente, Maria Helena fez questão de salientar o orgulho que tem na filha: "Sou muito orgulhosa das minhas duas filhas, mas acho que qualquer mãe é. Acompanho os trabalhos todos da Joana e sou um bocadinho crítica, mas com carinho.”
Grávida de seis meses, de um menino que se chamará Gustavo, fruto da sua relação com Diogo Laço, e se irá juntar ao filho, Francisco, e ao enteado, Xavier, Joana vive uma das fases mais serenas da sua vida, sempre acompanhada pela mãe, que não cabe em si de contente, já que ambas as filhas vão ser mães pela segunda vez em breve. "Estou desejosa de conhecer o Gustavo, aliás, vou conhecer os meus dois netos com uma semana de diferença. A Sara ficará com duas meninas e a Joana com dois meninos”, disse ainda Helena.
Na ocasião, Joana confidenciou ainda que a educação que recebeu dos pais é aquela que transmite em casa: "Os meus pais conseguiram, de uma forma muito natural, dar-nos o sentido de responsabilidade aliado ao de liberdade, mas sempre com uma ligação permanente a eles. Partilhámos sempre todos os momentos de uma forma muito aberta e quando fui mãe da primeira vez percebi de imediato que era isso que também queria fazer. Queria continuar este caminho, que achei tão bem feito, e ser tão boa mãe como a minha mãe foi para mim. Gosto muito dos conselhos que a minha mãe me dá, até porque ela me respeita imenso nas diferenças que temos, e quando não me dá o aval final fico sempre ligeiramente preocupada [risos]!”
O passeio serviu ainda para que ambas contassem como partilham os cuidados de beleza, que neste caso são ‘ensinados’ de filha para mãe. "Lá em casa foi ao contrário, quando me comecei a preocupar com os cuidados de beleza  era eu que os partilhava com a minha mãe. Eu sempre fui muito feminina, mas sem exageros, e acho que o facto de a minha mãe ser menos preocupada acabou por me equilibrar. Ela é, isso sim, bastante cuidadosa com o cabelo, tal como eu. E gostamos particularmente das novas gamas da Pantene adequadas a cada uma de nós, no meu caso a gama Prevenção Anti-Idade BB7, no caso da minha mãe a gama anti-idade AgeDefy”.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras