Nas Bancas

César Mourão e Inês Castel-Branco evidenciam cumplicidade em palco

Atriz e humorista subiram ao palco do Coliseu dos Recreios para entregar o Globo de Ouro na categoria de Melhor Atriz de Teatro

Redação CARAS
7 de junho de 2014, 18:00

Inês Castel-Branco e César Mourão nunca reconheceram publicamente que são namorados, mas a verdade é que, mesmo estando em público, os dois atores não conseguem disfarçar a cumplicidade, como aconteceu quando subiram ao palco do Coliseu dos Recreios para entregar o Globo de Ouro a Maria José Paschoal, Melhor Atriz de Teatro. Mostrando ser um verdadeiro cavalheiro, César deu a mão a Inês e ajudou-a a descer a escadaria que dava acesso à parte central do palco. “Antes de mais, quero esclarecer que viemos de mãos dadas, mas não é que tenhamos nada um com o outro. Era só para ela não cair das escadas. [risos] Ela é que me pediu”, referiu o ator em palco, deixando a atriz atrapalhada. “Estás nervosa?”, continuou César. “Não, cala-te”, respondeu Inês. “Eu estou um bocadinho. Também vir apresentar com a mulher mais bonita dos Globos...”, concluiu o ator e humorista, merecendo os aplausos da plateia.

Depois deste momento em direto, e já nos bastidores, Cé­sar fez mais alguns elogios à namorada, sempre em tom bem humorado: “Já fiz o Vale Tudo com a Inês, que correu muitíssimo bem, agora apresentámos este prémio e acho que também correu bem. A Inês está lindíssima, mas ela também está sempre linda, pelo menos aos meus olhos, aos dos pais e dos irmãos.” Questionado pela CARAS sobre se queria “oficializar” a situação de namorados, César pre­feriu manter a atitude discreta que o tem caracterizado e poupar nas palavras: “Não vou responder a essa questão, tal como nunca fiz.”

Apesar de também ser muito discreta nos comentários que faz sobre o ator e humorista, Inês acabou por comentar o facto de ter partilhado o palco em direto com o namorado: “Entregar qualquer prémio é bom, mas quando as nomeadas são da minha área e são pessoas que conheço, ainda é melhor! Foi divertido apresentar o prémio com o César. Eu estava a tentar seguir o guião, mas já sabia que ele ia improvisar e foi o que aconteceu. Mas acho que correu bem. Confesso que fiquei um bocadinho envergonhada...”

Não obstante a discrição que querem manter em público, a atriz e o humorista não se inibem de trocar gestos de ternura quando não reparam na presença das câmaras fotográficas, como aconteceu no ensaio geral, ao qual chegaram de mãos dadas, como se pode observar nas fotografias publicadas nesta matéria.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras