Nas Bancas

Morreu a poetisa Maya Angelou

A poetisa e ativista dos direitos humanos afro-americana morreu hoje na sua casa na Carolina do Norte, Estados Unidos.

Redação CARAS
28 de maio de 2014, 17:51

Maya Angelou morreu esta quarta-feira, aos 86 anos, na sua casa na Carolina do Norte, Estados Unidos. A notícia foi confirmada por Helen Brann, agente literária da poetisa e ativista dos direitos humanos afro-americana. Apesar de não ter confirmado a causa da morte, Brann afirmou que a escritora sofria de problemas cardíacos e o seu estado de saúde já era frágil.
Angelou foi também bailarina, encenadora, atriz e a primeira realizadora negra de cinema em Hollywood.
On the Pulse of Morning, um dos seus poemas mais conhecidos, foi declamado durante a tomada de posse do presidente Bill Clinton, em 1993. Em 2011, Barack Obama atribuiu-lhe a Medalha Presidencial da Liberdade.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras