Nas Bancas

Prova cega de joias desafia casais a conhecerem-se melhor

A prova era simples: enquanto os homens tomavam uma bebida no andar de cima do espaço, as suas mulheres escolhiam a sua peça de joalharia favorita. Quando eles desciam, tinham de adivinhar qual a joia que a sua cara-metade escolhera.

Redação CARAS
12 de maio de 2014, 15:00

O desafio lançado por Maria João Bahia levantou muita curiosidade e expectativa e prometia um final de tarde diferente e especial. A designer de joias convidou alguns casais a participarem numa prova cega de joias, na sua loja, na Avenida da Liberdade, em Lisboa. “Acho que é uma ideia muito engraçada. Vamos ver se ao fim destes anos todos de união, os casais se conhecem assim tão bem. Normalmente, é a mulher que escolhe e o marido paga”, questionava-se Maria João Bahia antes de o evento começar.
A prova era simples: enquanto os homens tomavam uma bebida no andar de cima do espaço, as suas mulheres escolhiam a sua peça de joalharia favorita. Quando eles desciam, tinham de adivinhar qual a joia que a sua cara-metade escolhera.
O cirurgião Ângelo Rebelo vinha confiante. “Acho que esta ideia tem muita piada. Mas isto dos gostos tem muito que se lhe diga. Claro que nós já estamos juntos há alguns anos e isso dá a ideia de que as pessoas têm a obrigação de saber o que é que o outro gosta. Mas nem sempre acontece. Vou tentar acertar e acho que vou conseguir. No início do nosso namoro é que não me corria bem, mas a Isabel é muito frontal, dizia que não gostava e íamos trocar. Depois passei para a opção mais cómoda que era: escolhes tu que eu pago. Mas agora não, como gosto de fazer compras e surpresas, arrisco e normalmente acerto”, contava, confiante, o cirurgião, antes de dar o seu palpite sobre a opção da mulher, Isabel Angelino. Por seu lado, Elsa Matias acreditava que o marido, Fernando Hipólito, iria acertar: “Ele tem muito bom gosto e sabe sempre do que é que eu gosto.”
Surpreendente – pelo menos para nós – foi o desfecho: todos os maridos acertaram realmen­te nas escolhas das respetivas mulheres.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras