Nas Bancas

Kim Kardashian receia que a filha seja vítima de racismo

North é fruto da relação da ‘socialite’ com o 'rapper' Kanye West.

Redação CARAS
9 de maio de 2014, 13:45

No seu blogue oficial, Kim Kardashian falou sobre os eventuais atos racistas que a filha, North, que completa um ano no próximo mês de junho, possa vir a sofrer. A socialite, de 33 de anos, admitiu não estar à espera que mudasse tanto a sua forma de pensar. “Para ser honesta, antes de ter a North, nunca pensei muito sobre o racismo e a discriminação. É um assunto que preocupa muito o Kanye [West], mas acho que era mais fácil para mim acreditar que isso era uma luta para outra pessoa. Mas recentemente, li e experienciei alguns incidentes que me perturbaram e me chamaram à atenção. Noto que o racismo e a discriminação ainda estão vivos e tão odiosos e mortais como sempre foram”.
A estrela da série Keeping Up with The Kardashians aproveitou ainda para esclarecer que ainda não se casou com o rapper Kanye West, como tem sido veiculado pela imprensa.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras