Nas Bancas

Irina Shayk fala das suas paixões

Durante uma breve passagem pelo Brasil, a modelo russa abriu o seu coração.

Redação CARAS
1 de maio de 2014, 16:15

Irina Shayk esteve recentemente no Brasil para desfilar na São Paulo Fashion Week. Pelaprimeira vez nesta cidade e a segunda no país, a namorada de Cristiano Ronaldo abriu o seu coração durante uma conversafranca com a CARAS Brasil.
“As pessoas imaginam que as modelos são mulheres poderosas. Somos normais etemos sonhos comuns. Quero ter uma linda e grande família, mas não sei aindaquando vou realizar esse desejo”, diz a morena, com a mesma naturalidade comque fala sobre o que considera os seus defeitos. “Não sou perfeita. Euacho que as minhas pernas poderiam ser melhores. Tenho celulite! Quando sechega a um país onde a mulher é referência de beleza, é melhor cuidarmo-nos também para ter ocorpo como o delas”, afirmou Irina, que aproveitou a estadia para se submeter a algunstratamentos de drenagem linfática.
Apesar da modéstia em relação à suabeleza, a namorada de Cristiano Ronaldo está longe de ser uma mulher insegura.Foi a sua determinação e confiança que a fizeram deixar, aos 19 anos, a cidadenatal, Yemanzhelinsk, na Rússia, com pouco mais de 30 mil habitantes, para brilharem França, no universo da moda. “Adoro desafios. Se uma pessoa medisser que eu não posso fazer algo, vou querer provar o contrário. Novasexperiências também me movem”, salienta a manequim, que atualmente sedivide entre Nova Iorque e Madrid, Espanha, onde o namorado defende as cores doReal Madrid. “Deve ser muito difícil lidar comigo numa relação. Soumuito teimosa, faço o que eu quero e muitos homens não gostam de mulheres tãodecididas”, revela.
Eleita uma das modelos mais sexy doplaneta, Irina encontra na autoestima elevada o segredo do poder da suasensualidade. “Ser confiante é minha dica para ter sucesso, tanto anível profissional como pessoal. Acorde, olhe para o espelho e diga:  ‘MeuDeus, como eu sou sexy!’ E sabe o que vai acontecer? Os homens vão amá-latambém”, ensina a modelo russo, que costuma inspirar-se noutras mulherespara melhorar o que não gosta no seu corpo. “Costumo ver fotos depernas que eu acho bonitas e colocá-las no frigorífico para me motivar atrabalhar para ter uma perna como aquela. Eu admiro mulheres bonitas e elas inspiram-mesempre. Até as que estão acima do peso, se forem confiantes e não tiveremvergonha do seu corpo, tornam-se exemplos”, confessa, explicando que é adeptado pilates, boxe e corrida para manter a forma.
Além disso, Irina Shayk afirma que é preciso ter uma alimentação equilibrada: “Souapaixonada por comida brasileira, que eu conheci quando estive na Bahia, há unsanos, em trabalho. Quando cheguei aqui, pedi logo imensas coisas para comer no hotel”. “Não tive tempo para conhecer o Brasil. Quando tiver um espaço naminha agenda maluca, volto”, promete.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras