Nas Bancas

Aos 53 anos, Julianne Moore desvenda alguns dos seus cuidados de beleza

A atriz é uma das embaixadoras da L‘Oréal Paris, o que a deixa muito honrada, como disse nesta entrevista que nos foi cedida pela marca. Casada e mãe de dois filhos de 12 e 16 anos, garante que a passagem do tempo não a preocupa e que até se sente mais confortável consigo própria à medida que envelhece.

Redação CARAS
20 de abril de 2014, 12:00

Julianne Moore tem mais de 30 anos de carreira como atriz, já ganhou um Golden Globe, dois Emmy e esteve nomeada quatro vezes para os Óscares. E se o seu talento tem sido reconhecido, a sua beleza também. Ruiva e sardenta, empresta a imagem a algumas marcas internacionais e é uma das embaixadoras da L’Oréal Paris. Aliás, foi no âmbito do lançamento da gama Age Perfect Renovação Celular da marca francesa, para mulheres a partir dos 50 anos, que a atriz, de 53 anos, casada com o realizador Bart Freundlich, mãe de, Caleb, de 16 anos, e Liv Helen, de 12, deu esta entrevista em que revela os seus cuidados de beleza, diz que não receia envelhecer e confessa que a família é o que tem de mais importante.
– Ter 50 anos hoje é muito diferente de ter a mesma idade há 20 anos?
Hoje em dia todos vivemos mais do que antigamente. Temos filhos mais tarde e em vez de pensarmos na reforma, estamos ainda a considerar as nossas exigentes vidas profissionais.
– O que significa para si saber envelhecer?
Para mim, é muito importante saber apreciar a fase em que se está na vida. Temos sorte em poder envelhecer. Nos dias de hoje, é um privilégio. É importante lembrar­mo-nos de celebrar os nossos 50 anos... Um dia acordamos e temos 51! As experiências dão-nos riqueza e conhecimento. Também sei que estou muito mais confortável comigo à medida que vou envelhecendo.
– Tem cuidados de beleza diários?
Os cuidados com a pele são muito importantes. Depois de lavar a cara com um produto próprio, aplico um óleo facial, seguido de um creme hidratante com proteção solar. Uso protetor solar diariamente desde os meus 23 anos.
– Os produtos de beleza contribuem para se sentir mais confortável no dia-a-dia?
Sim. Tenho uma tez muito clara e se quero que o meu rosto fique mais definido, tenho de usar cosméticos. Uso em particular máscara e blush. E como todas as mulheres, adoro um pequeno corretor.
– Qual foi a coisa mais ousada que fez depois dos 50 anos?
Provavelmente ser modelo da L’Oréal. É uma honra muito grande e sinto que tenho que me manter ao nível das exigências.
– Qual é o seu maior orgulho?
A minha linda família. Sin­to-me muito orgulhosa por fazer parte dela.
– Diga-nos algo que nunca ninguém conseguiria adivinhar sobre si...
Sou ótima a fazer limpezas! Li uma vez que Ingrid Bergman também o era, pelo que não estou sozinha na lista de atrizes com essa capacidade!
– Como é um dia normal para si?
Quando não estou a trabalhar, levanto-me com os meus filhos para lhes fazer o pequeno-almoço antes de irem para a escola. Depois de saírem, dou uma arrumadela à casa e leio o jornal. Faço um pouco de exercício ou saio para fazer ioga antes de trabalhar no meu escritório. Leio guiões ou respondo a e-mails. Por vezes, encontro-me com um amigo para almoçarmos antes de ir buscar os meus filhos à escola. Depois, levo a minha filha às atividades extracurriculares ou levo-os para casa para que façam os trabalhos que levam da escola. Sem dar por ela, é hora de jantar! Se estiver a trabalhar, não tenho tempo para nada disto. Geralmente, levanto-me às 5h30 da manhã e vou para o estúdio, onde fico o dia todo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras