Nas Bancas

Gabriel Garcia Marquez

Gabriel Garcia Marquez

Getty Images

Cinzas de Gabriel García Márquez divididas entre Colômbia e México

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, viajará na próxima segunda-feira para a Cidade do México para assistir à homenagem prevista para o Palácio de Bellas Artes.

Lusa
19 de abril de 2014, 11:20

As cinzas do prémio Nobel Gabriel García Márquez serão divididas entre o México e a Colômbia, afirmou sexta-feira o embaixador colombiano na capital mexicana, José Gabriel Ortiz. O diplomata falava à porta da casa de Gabriel García Márquez, na Cidade do México, onde o escritor faleceu quinta-feira, dia 17, aos 87 anos. "No México ficará uma parte e penso que podem levar outra parte para a Colômbia, onde ficarão em repouso parte das cinzas", disse.
O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, viajará na próxima segunda-feira para a Cidade do México para assistir à homenagem a García Márquez, prevista para o Palácio de Bellas Artes.
Gabriel García Márquez morreu aos 87 anos, na passada quinta-feira. De acordo com a Rádio Caracol, da Colômbia, a morte foi provocadsa por insuficiência renal e respiratória. De acordo com a mesma fonte, o corpo do escritor terá sido cremado naquele mesmo dia.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras