Nas Bancas

Realizador português não venceu o Óscar de Melhor Curta-Metragem de Animação

O prémio foi para ‘Mr. Hublot’.

Redação CARAS
3 de março de 2014, 02:22

O realizador português Daniel Sousa estava nomeado para a 86.ªedição dos Óscares da Academia de Hollywood na categoria de Melhor Curta-Metragemde Animação por Feral, mas não venceu a famosa estatueta dourada. O prémio foientregue aos realizadores da curta-metragem francesa Mr. Hublot.
Antes de ser indicado para os Óscares, Feral foi exibido em cerca de quarentafestivais de cinema e recebeu mais de uma dezena de prémios. O filme conta ahistória de um menino selvagem que tenta adaptar-se à civilização, depois deser encontrada no bosque onde sempre viveu.
Daniel Sousa nasceu em 1974, em Cabo Verde, passou a sua infância em Portugal eem 1986 mudou-se com a família para os Estados Unidos, onde continua a viver.Formou-se na Rhode Island School of Design, onde agora é professor, e também jádeu aulas na Universidade de Harvard e no Art Institute de Boston.
Nesta categoria estavam ainda nomeados ACavalo!, Possessions e Room on the Broom.

Os vencedores, Laurent Witz e Alexandre Espigares

Os vencedores, Laurent Witz e Alexandre Espigares

Getty Images

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras