Nas Bancas

Baptista-Bastos fala da crise no país

O jornalista viveu momento de emoções rodeado pela família.

Redação CARAS
2 de março de 2014, 17:00

Armando Baptista-Bastos apresentou no El Corte Inglés de Lisboa o seu mais recente livro, Tempo de Combate, onde fala dos “momentos extraordinariamente difíceis e perigosos” que Portugal vive: “Os jovens não têm emprego, os estudantes não têm condições para aprender, os trabalhadores não têm proteção e os idosos estão cada vez mais abandonados. A pobreza instalou-se em todos os sectores da sociedade portuguesa, levando a um êxodo para o estrangeiro como o país não conhecia há meio século”.
E foi à família que o jornalis­ta dedicou a obra: “Estou muito comovido, porque estão aqui as pessoas que mais amo, e que são a minha mulher, os meus três filhos e os meus dois netos.” Referindo-se à mulher, Isaura, acrescentou: “Esta senhora anda comigo há quase 60 anos... Temos envelhecido juntos e ela esteve ao meu lado nas circunstâncias mais extraordinárias. Além de guerrearmos, conversamos muito. É uma grande companheira.”

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras