Nas Bancas

Francisco Garcia: “Casar e ter filhos é o meu sonho de vida”

O ator, de 25 anos, vive pela primeira vez o papel de um vilão, em ‘I Love It’.

Andreia Cardinali
15 de fevereiro de 2014, 16:00

Francisco Garcia cresceua fazer televisão e, aos 25 anos, já tem 20 de carreira. Começou empublicidade, fez de jurado no programa Os Prin­cipais e depois surgiu arepresentação em Médico de Fa­mília, que o tornou conhecido.
“Havia muitos fãs, mas era uma coisa controlada. Sempre tive uma boaestrutura social e familiar e isso permitiu-me manter a cabeça no sítio. Mastambém passei por algum deslumbramento, pois com nove anos, quando fiz o Médicode Família, era uma das pessoas mais conhecidas em Portugal, já que aaudiência da série era enorme. Em qualquer lado eu era reconhecido e foram osmeus pais que sempre me recordaram que eu era igual a qualquer outro miúdo daminha idade. Sempre estive preparado tanto para ser reconhecido e darautógrafos como para passar total­mente despercebido”, contou o ator.
Entretanto, Francisco esteve uns anos afastado dos ecrãs portugueses, trabalhouem Espanha e abriu o restaurante Cascas, em Cascais. Agora, faz pela primeiravez o papel de um vilão, Tomás, na novela da TVI I Love It, oportu­nidadeque o deixou bastante “feliz e satisfeito”.
– Sente que perdeu alguma coisa da sua infância e adolescência por tercomeçado cedo a trabalhar?
Francisco Garcia – Não, sinto que ganhei mais coisas e tive maisexperiências. Tive uma vida muito normal, só menos tempo para algumas coisas,mas acabei por gozar tudo. As gravações eram a minha atividade extracurriculare eu adorava.
– Cinco anos depois, como está a ser o regresso à televisão?
Ótimo, com a sensação que esperava. Sinto-me como peixe na água. Nada mesurpreende e tudo me fascina. Foi uma opor­tunidade muito boa, queria voltar,estava disponível e recebo um protagonista e o meu primeiro vilão. Sinto-memuito agrade­cido e feliz.
– E há tempo para a vida pessoal, para namorar?
Claro, basta estarmos disponíveis e querermos ter tempo para as coisas.Tenho menos tempo, mas todos os dias consigo tomar o pequeno-almoço em casa coma minha namorada [Sofia Sousa Guedes]. É normal fazer-se um esforço parase estar com quem se gosta.
– E como é que a Sofia lida com a sua profissão?
Lida bem. A Sofia gosta que eu goste da minha profissão, que eu me sintafeliz e a partir daí tudo se resolve. Estou a fazer aquilo que gosto semprejudicar nada. Temos o cuidado de gerir bem o nosso tempo para que consigamosestar juntos.
– E planos futuros, a dois?
Sempre quis casar-me e ter filhos, aliás, é o meu sonho de vida. Mas tudoa seu tempo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras