Nas Bancas

1990

1990

TREVOR SAMSON

Alegadas filhas ilegítimas de Mandela pedem para ser reconhecidas

As duas mulheres já entraram com um pedido na justiça para que a paternidade seja confirmada.

Redação CARAS
10 de fevereiro de 2014, 16:54

Onica Mothoa y Mpho Pule, que dizem serfilhas de Nelson Mandela, já deram inícioaos trâmites legais para que a paternidade seja reconhecida. As mesmas adiantamser fruto das infidelidades do antigo líder sul-africano, durante o casamentocom a sua primeira mulher, Evelyn Ntoko Mase,e pedem que a justiça impeça a execução do testamento, no qual não estão mencionadas.
A informação foi confirmada à televisão sul-africana pelo advogado Michael Katz, um dos administradores dodocumento em que Madiba deixou especificado como queria que a sua fortuna fossedistribuída. Contudo, Katz ressalva que Onica e Mpho apenas querem serreconhecidas como filhas e que não pretendem reclamar dinheiro ou bens.
De referir que o património de Mandela está avaliado em mais de 3 milhões deeuros, que serão repartidos entre família, funcionários, instituiçõessolidárias e o partido a que pertenceu, o CNA (Congresso Nacional Africano),conforme a sua vontade.
Familiares das duas mulheres já vieram a público garantir que estas fizeramvárias tentativas para entrar em contacto com o símbolo da luta contra oapartheid, mas que estas foram infrutíferas. Ao longo dos últimos anos falou-sevárias vezes na imprensa sul-africana da existência destas duas filhasilegítimas de Mandela, mas nunca lhes foi permitida qualquer aproximação, nemmesmo quando este já estava no hospital.
Madiba morreu no passado dia 5 de dezembro, aos 95 anos.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras