Nas Bancas

Maria João Lopo de Carvalho

Maria João Lopo de Carvalho

Neusa Ayres

A escolha de... Maria João Lopo de Carvalho

Foi professora e trabalhou como ‘copywriter’. ‘Virada do Avesso’ foi o primeiro ‘best-seller’. O mais recente é dedicado à Padeira de Aljubarrota.

Redação CARAS
26 de janeiro de 2014, 18:00

Depois do sucesso de Marquesa de Alorna, em 2011, Maria João Lopo de Carvalho traz-nos agora um romance dedicado à heroica Pa­deira de Aljubarrota, que todos conhecem mas de cujos segredos e desejos poucos sabiam...até agora. Padeira de Aljubarrota – Mulher de Armas e Heroína de Portugal é dedicado a uma mulher corajosa que pode servir de inspiração. Maria João Lopo de Carvalho licenciou-se em Línguas e Literaturas Modernas. Foi professora de Português e de Inglês e trabalhou como copy­writer em publicidade. Passou ainda pelas áreas de Educação e Cultura na Câmara Municipal de Lisboa. O seu primeiro best-seller, Virada do Avesso, foi publicado em 2000.
O LIVRO: "Aparição"
Este livro de Vergílio Ferreira é uma lição de escrita, de bom português, de profundidade narrativa. Saltou da estante ao acaso. Deixou-me rendida e maravilhada.
O RESTAURANTE: Rota das Sedas
Adoro o encanto da antiga escola primária  junto ao Rato: as salas pequenas, o terraço debruçado sobre o jardim e o aconchego sempre familiar. Gosto de ver esticar as horas connosco à mesa. O tempo corre sem princípio nem fim.
O FILME: Todos de Woody Allen
Uma lição de bem pensar. Não ter sentido de humor é um pecado mortal...
A VIAGEM: Petra, Jordânia
O laranja incendiado de Petra. O Rio Jordão. São João Baptista e, do outro lado, Israel a olhar-nos nos olhos.
O MUSEU: Lisboa
Não há nenhum museu vivo que se lhe compare! Museu de luz. De inspiração. De cores. De cheiros. Nenhum outro lugar da história é tão belo.
A MÚSICA: Fado
A única música que não admite plural. Fado só há um. Pele e imortalidade.
O CONCERTO: Katia Guerreiro
Vi o concerto desta grande artista no Olympia, em Paris. Só o silêncio explica.
O ESPETÁCULO: "Grande Revista à Portuguesa”
Um musical de Filipe La Féria no Politea­ma. Tomara a Broadway ter lá disto!
O HOTEL: Intercontinental
Em qualquer parte do mundo. Há qualquer coisa que me faz sentir em casa. Os sorrisos, talvez…

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras