Nas Bancas

Diana Chaves condenada por vandalizar carro de ex-funcionário de César Peixoto

A atriz foi condenada por crime de dano.

Redação CARAS
15 de janeiro de 2014, 11:39

Diana Chaves foi condenada esta quarta-feira de manhã a uma pena de 120 dias de multa pelo crime de dano no Tribunal de Guimarães, avança o Jornal de Notícias. A atriz ainda não sabe se vai recorrer da sentença.  
Diana terá de pagar 60 euros por dia, num total de 7200 euros, por alegadamente ter atirado um paralelo ao carro do ex-funcionário de César Peixoto, Amâncio Mendes. O caso remonta a 23 de abril de 2011, dia em que Amâncio alega ter visto a atriz atirar um paralelo ao vidro do seu carro, um Fiat Punto branco, estacionado à porta de sua casa.
O ex-funcionário do futebolista pedia 500 euros de indemnização por danos morais e patrimoniais. No entanto, o tribunal decidiu que a seguradora cobria o prejuízo do carro e condenou a atriz a pagar 500 euros por danos morais.
Numa das audiências do processo, Diana Chaves afirmou a sua inocência. “Não fiz nada, não sei onde mora esse senhor, nem sequer estava nesse sítio naquele dia”, disse. “É um ato de vingança”. “Fui eu que alertei o César para o facto de o senhor Amâncio estar a desviar o dinheiro dele e não ser verdadeiro”, acrescentou na altura.   

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras