Nas Bancas

Valérie Trierweiler

Valérie Trierweiler

Getty Images

Franceses questionam-se sobre o futuro de Valérie Trierweiler, que continua internada

A primeira-dama francesa está hospitalizada com sintomas de um "profundo esgotamento" que terá surgido na sequência das notícias de alegada infidelidade de François Hollande.

Redação CARAS
14 de janeiro de 2014, 12:29

O alegado romance entre François Hollande e Julie Gayet começou a levantar questões na sociedade francesa acerca do futuro e do papel de Valérie Trierweiler no Palácio do Eliseu.
A companheira oficial do presidente francês está internada desde a passada sexta-feira, dia 10, devido a um "profundo esgotamento" que terá sido causado pelo escândalo das revelações feitas pela revista Closer e que liga o chefe de Estado à atriz.
E Valérie Trierweiler parece estar consciente da necessidade de um esclarecimento  da sua posição. A jornalista falou com o repórter do jornal Le Parisien Fréderic Gerschel que deu uma entrevista à RTL: "Ela tem noção que se trata de um problema político e que não pode continuar a ter um gabinete e utilizar fundos estatais". O jornalista afirma ainda que Valérie quer que todo o processo seja transparente.
Apesar de a figura da primeira-dama de França não estar regulada por lei, esta goza de alguns privilégios, como um gabinete no Palácio do Eliseu, assistentes, viagens para o estrangeiro com o presidente e oportunidade de levar a cabo trabalhos de cariz humanitario.
"É normal que continue no Eliseu a cargo dos contribuintes enquanto o presidente mantém outras relações?", perguntou o deputado Daniel Fasquelle, em declarações ao Le Monde.
Valérie Trierweiler "parece disposta a perdoar Hollande, mas quer saber rapidamente quais são as suas intenções", disse uma fonte próxima da jornalista ao Le Parisien. De acordo com o jornal, Valérie sabia dos rumores, mas preferia acreditar que eram falsos.
O presidente francês deverá fazer hoje um "esclarecimento da situação" do casal durante uma conferência de imprensa com cerca de 600 jornalistas.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras