Nas Bancas

458774513.jpg

Getty Images

Beyoncé afirma que igualdade de género é um "mito"

A cantora quer mais poder para as mulheres.

Redação CARAS
14 de janeiro de 2014, 17:22

Beyoncé foi uma das colaboradoras do relatório anual sobre o estatuto das mulheres nos Estados Unidos elaborado por Maria Shriver e afirmou que a igualdade entre géneros ainda não existe."Temos de parar de acreditar no mito da igualdade entre géneros. Ainda não é uma realidade. Hoje, as mulheres são cerca de metade da força de trabalho dos EUA, mas o salário médio de uma mulher é apenas 77 por cento do dos homens. Mas, a não ser que tanto as mulheres como os homens digam que isto é inaceitável, as coisas não vão mudar. Os homens têm de exigir que as suas mulheres, filhas, mães e irmãs ganhem mais - e que isso esteja de acordo com as suas qualificações, não com o género. A igualdade será conseguida quando homens e mulheres tiverem direito ao mesmo ordenado e o mesmo respeito. Temos muito trabalho pela frente. Mas podemos lá chegar se trabalharmos juntos. As mulheres são mais de 50 por cento da população e dos votos.Temos de exigir que todos recebamos 100 por cento oportunidades", escreveu a cantora.
Beyoncé não foi a única celebridade a contribuir para este relatório. Eva Longoria e LeBron James também participaram.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras