Nas Bancas

O casamento de sonho, no Brasil, de Nuno Gomes de Carvalho e Brunna Borbón Neves

“Estava muito nervoso, por isso, quando a Brunna entrou, tive de quebrar o protocolo para a ver. Estava linda!” (Nuno Gomes de Carvalho)

Joana Brandão (enviada especial)
11 de janeiro de 2014, 14:00

Um ano e dez meses depois de se terem conhecido, Nuno Gomes de Carvalho e Brunna Borbón Neves casaram-se na Igreja de Nossa Senhora Auxiliadora, na terra natal da noiva, Cuiabá, no Estado do Mato Grosso, no Brasil. Protagonistas de um autêntico conto de fadas, o empresário português, de 26 anos, e a jovem brasileira finalista de Direito, de 21 – tetraneta da princesa Maria Pía de Borbón y Madán, descendente dos reis de Espanha –, partilharam com os seus 800 convidados o amor que sentem um pelo outro e as emoções deste dia tão especial.
Estou muito feliz. Desde pequenina que sonho com tudo isto e ter o Nuno ao meu lado é muito emocionante”, referiu a noiva que, com a sua juventude e beleza, conquistou todos os presentes. Com um vestido clássico e romântico, bordado com pedras, pérolas e cristais Swarovski, da autoria do estilista de São Paulo Junior Santaella, Brunna entrou na igreja ao som da Marcha Nupcial, de Mendelssohn. O silêncio imperou entre os presentes e a noiva, de braço dado com o pai, Ricardo Padilla de Borbón Neves, não conteve as lágrimas. “A parte mais emocionante foi ver o Nuno no altar, o meu príncipe à minha espera”, confidenciou, elogiando-o: “Ele é completamente diferente dos brasileiros, tem um jeito especial. Além disso, sempre foi muito carinhoso comigo e, apesar das diferenças, temos muita coisa em comum. Quando o conheci, percebi que tinha encontrado a pessoa certa para mim, não sei porquê, mas tínhamos que dar certo.
Elegante e formal com um fraque Ermenegildo Zegna, Nuno entrou na igreja com a mãe, Maria Clara Gomes, ao som de I Was Glad, de Hubert Parry – tema que tocou no casamento do príncipe William com Kate Middleton. Antes, já se tinham ouvido Haja o Que Houver, dos Madredeus, e She, na voz de Elvis Costello. No altar, rodeado pelos padrinhos, Vítor Baía e Andreia Santos, Micaela Oliveira e Alfredo Resende, Virgínia e Crispim Abreu, Miguel Quintas e Eva Barros e João Vasconcelos, Nuno conteve com esforço o nervosismo enquanto aguardou durante uma hora pela chegada de Brunna. “Estava muito ansioso, por isso, quando ela entrou, tive de quebrar o protocolo para a ver. Ela estava linda, ainda mais do que eu imaginava”, garantiu.
Com música ao vivo, toda a cerimónia religiosa foi envolvente e, tanto no altar como na assistência, sentiu-se muita emoção. Um dos momentos altos viveu-se quando os pais de Brunna, Ricardo Padilla de Borbón e Patrícia Ferreira Borbón Neves, e a irmã, Fernanda, ofereceram aos noivos uma imagem de Nossa Senhora Desatadora dos Nós.
Nuno e Brunna tornaram-se marido e mulher com a troca das alianças, que se fez ao som de Avé Maria, de Schubert. I Follow Rivers, de Lykke Li, acompanhou a saída da igreja. Já na rua, além dos familiares e amigos, aguardava os noivos um espetáculo de fogo-de-artifício.
Eles vão ser muito felizes, porque se amam e respeitam. A Brunna é uma excelente menina, gosto muito dela e de toda a família, são íntegros, com valores e educação”, disse Maria Clara Gomes, radiante por ver o filho feliz. “Os pais da Brunna empenharam-se muito nesta festa. Estou emocionada, está tudo lindíssimo, nunca vi nada assim”, continuou, agradecendo aos compadres brasileiros.
Estamos muito emocionados, com este casamento ficamos com mais um filho! O Nuno é um rapaz sensacional, muito bem criado. Por isso, só temos de agradecer a oportunidade que Deus nos está a dar de aumentar a nossa família com estas pessoas maravilhosas”, afirmou a mãe da noiva. O pai, por seu turno, revelou: “O Nuno é o filho que eu nunca tive. Sempre quis ter um menino e ele agora é da minha família, cidadão brasileiro e mato-grossense.
Após a cerimónia religiosa, que se realizou ao início da noite, quando o imenso calor que se faz sentir em dezembro nesta zona do Brasil abrandou um pouco, a festa continuou no Alphaville Buffet Premium, espaço para eventos no centro de Cuiabá. A receber os convidados estavam os pais dos noivos e só depois de estarem todos sentados é que Brunna e Nuno entraram na sala para brindar e cortar o bolo. Seguiu-se a abertura da pista de dança, mas, em vez da tradicional valsa, os noivos surpreenderam com uma coreografia ao som de Your Love Is King, de Sade.
Está tudo incrível, nunca vi nada assim. Era impossível não chorar na igreja, foi tudo emocionante, sentiu-se a cumplicidade entre eles. Gosto muito do Nuno, estou felicíssima por ele”, assegurou a madrinha Micaela Oliveira que, como estilista, deu a sua opinião: “Faço muitos vestidos de noiva, mas a Brunna é a noiva mais linda que já vi. Além de o vestido ser incrível, ela é muito bonita e está superfeliz. É impossível superar uma combinação destas!
Também Vítor Baía, que estava com Nuno quando este conheceu Brunna, partilhou a felicidade dos noivos: “Quando os vi juntos percebi que havia ali coisa, o que veio a confirmar-se. Fico feliz por vê-los bem, espero que tenham muita sorte no futuro e que consigam manter toda a vida o que sentem neste momento.” O ex-internacional tinha a seu lado a namorada, Andreia Santos, que frisou: “Os brasileiros têm um espírito alegre por nature­za, vivem tudo mais intensamente, de corpo e alma. Esta festa está a ser incrível, não tem nada a ver com os casamentos em Portugal.
Os recém-casados começaram a lua-de-mel em Paris, fizeram uma ‘escala’ no Porto para passarem o Natal com a família portuguesa e seguiram para o Dubai e Abu Dhabi.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras