Nas Bancas

Eusébio e Sven Goran Eriksson em 2000

Eusébio e Sven Goran Eriksson em 2000

Getty Images

Sven Goran Eriksson "muito triste" com a morte de Eusébio

O antigo técnico do clube da Luz recorda o Pantera Negra como "um grande homem".

Lusa
9 de janeiro de 2014, 13:05

O antigo treinador do Benfica Sven Goran Eriksson, atualmente ao comando da equipa chinesa Guangzhou R&F, da cidade de Cantão, disse hoje à agência Lusa estar "muito triste" com a morte do ex-futebolista Eusébio.
"Estou muito, muito triste, porque ele era um amigo meu, um grande homem, um grande jogador, um grande treinador, um grande embaixador, tinha uma família muito bonita", disse o sueco contactado telefonicamente a partir de Macau.
Eriksson disse também "sentir-se afortunado" por ter conhecido Eusébio, com quem jantava cada vez que se deslocava a Portugal.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras