Nas Bancas

Miss Venezuela 2004 assassinada em tiroteio

Mónica Spear e o marido foram encontrados mortos no carro onde se seguiam numa autoestrada do centro da Venezuela.

Redação CARAS
7 de janeiro de 2014, 19:57

Mónica Spear e o marido, Thomas Henry Berry, foram assassinados a tiro no estado de Carabobo, na Venezuela. A manequim e o marido foram encontrados mortos dentro do carro numa autoestrada no centro da Venezuela. “Os corpos foram encontrados no dia 6 de janeiro no interior do carro onde se deslocavam”, informou hoje o Ministério Público venezuelano.
A filha do casal, Maya Veliz, de cinco anos, sobreviveu à tragédia e encontra-se num centro de acolhimento, “onde recebeu tratamento médico e permanece em situação estável”.  
De acordo com a imprensa local, o casal encontrava-se parado na estrada à espera de assistência devido a uma avaria na viatura e terão resistido a um assalto levado a cabo por um grupo de criminosos.
Mónica Spear, de 29 anos, vivia atualmente nos Estados Unidos, onde tinha carreira como modelo e atriz, depois de ter sido eleita Miss Venezuela 2004. Em 2005, foi finalista no concurso Miss Universo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras