Nas Bancas

O adeus ao Pantera Negra

Ao longo do dia inúmeras personalidades de todos os quadrantes da cultura portuguesa prestaram a derradeira homenagem a Eusébio da Silva Ferreira.

Redação CARAS
6 de janeiro de 2014, 20:15

Depois do velório e da despedida no Estádio da Luz, o cortejo fúnebre seguiu pelas ruas de Lisboa, tendo passado pela Praça do Município, antes da missa da Igreja do Seminário. Os restos mortais de Eusébio foram depois depositados no cemitério do Lumiar. E nem a chuva demoveu os milhares de pessoas que quiseram despedir-se da figura máxima do futebol nacional.
De referir que está em discussão a hipótese de os restos mortais do antigo jogador do Benfica serem depois trasladados para o Panteão Nacional. A decisão será tomada pelos diversos grupos parlamentares, conforme determina a lei. De qualquer forma, só daqui a um ano poderá ser iniciado o processo de trasladação.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras