Nas Bancas

eusebio.jpg

Michael Regan

Personalidades recordam Eusébio

O antigo futebolista morreu esta madrugada, em Lisboa, aos 71 anos, devido a uma paragem cardiorespiratória.

Redação CARAS
5 de janeiro de 2014, 11:28

As reações à morte do Pantera Negra e homenagens a um dos maiores futebolistas portugueses começam a surgir. Veja algumas das declarações de famosos e personalidades portuguesas e internacionais.
Cristiano Ronaldo: "Sempre eterno Eusébio, descansa em paz".
José Mourinho: "Aquilo que Eusébio deixa torna-o imortal. Mais do que uma das grandes figuras do futebol, Eusébio é Portugal. Significa mais para Portugal do que para os portugueses". (RTP)Luís Figo: "The King!!! Grande perda para todos nós! O mais grande!!
Joseph Blatter: "O futebol perdeu uma lenda, mas o lugar de Eusébio entre os grandes nunca lhe será retirado. Eusébio foi um embaixador do futebol e da FIFA. Deixará saudades. Descanse em paz, Pantera Negra."
Simão Sabrosa: "Triste muito triste. Descansa em paz King. És eterno!! RIP Eusébio".
João Pereira: "Descansa em paz King Eusébio"
Pauleta: "Era uma presença muito forte. Eram momentos únicos para nós.  A Seleção tornava-se mais forte sempre que ele estava presente".
Toni: "A família benfiquista e o futebol nacional estão de luto . O Benfica perde a sua maior referência. O Eusébio era uma estátua grega... É um dia de profunda consternação e tristeza". (RTP)
Joaquim Chissano: "Perdi um amigo. Quando jovens brincámos juntos, jogámos futebol... ele viveu alguns tempos na minha terra natal e era quase da família. É o futebol português - futebol que liga Portugal e Moçambique - que perde um dos seu pontos de referência. Moçambique orgulhava-se também desse símbolo. Os seus feitos vão perdurar". (RTP)
Passos Coelho: "Foi com profundo pesar e um agudo sentimento de perda que recebi a noticia da morte de Eusébio da Silva Ferreira. Eusébio levou a bandeira de Portugal e o nosso orgulho aos quatro cantos do mundo. Um génio do futebol e um exemplo de humildade, um atleta de excelência e um homem generoso e solidário, Eusébio foi para todos os adeptos do desporto, bem como para todos os Portugueses, um exemplo de profissionalismo, de determinação e de devoção às cores nacionais e do Sport Lisboa e Benfica. Com Eusébio, e com as memórias da Pantera Negra a dominar os relvados, o desporto, o País, a nossa história e a nossa ambição coletiva misturam-se. Essa memória nunca se apagará".
Jerónimo de Sousa: "Com o falecimento de Eusébio da Silva Ferreira, o país perde aquele que foi um símbolo maior do desporto nacional, reconhecido em todo o mundo pelo seu percurso no clube que representou - o Sport Lisboa e Benfica - e na Seleção Nacional".
Pauleta: "Hoje é de facto um dia bastante triste para Portugal, a perda de um grande símbolo, não só do futebol português mas do futebol mundial, de um grande homem, de uma pessoa que todos nós admiramos".
Carlos Cardoso
, presidente da Confederação do Desporto de Portugal: "Eusébio era um embaixador do desporto português e do próprio país, era quase um passaporte na maior parte dos países estrangeiros".
Ricardo Costa
: "É um dia triste para todos os portugueses. Eusébio é uma bandeira, é como Cristiano Ronaldo no seu tempo. Foi o maior do futebol português e também uma pessoa muito boa. Vamos ter saudades dele".
Rosa Mota
: "É uma perda para o país e para o Mundo, porque o Eusébio não era só nosso, era do mundo inteiro".
António Veloso
: "Desde pequeno que queria jogar no Benfica e com Eusébio. Apenas concretizei o primeiro. Conhecia-o desde os meus nove anos. Foi um dos meus técnicos no Benfica. Partiu cedo de mais. Era um terror para os defesas adversários, pela raça, pelo querer e pela enorme força interior. Transportou isso para fora do campo. Foi ele que me ensinou qual era a mística do Benfica".
Shéu Han: "O Eusébio era o maior símbolo do futebol português e também o maior símbolo do Benfica. Com certeza que vamos saber perpetuar a sua memória e os seus ensinamentos".
Jorge Jesus
: "Dos jogos que me lembro de o ver, como menino, em 1966 no Campeonato do Mundo de Inglaterra ou no Benfica, [como jogador] o Eusébio era um extraterrestre naquela altura, como hoje é o Ronaldo ou o Messi, pela sua qualidade não só técnica como física".
Carlos Queiroz: "Eusébio foi um pedaço de um Portugal diferente, de um Portugal maior, sem fronteiras, multicultural, multicontinental. O seu trono não pode ser ocupado porque o seu reinado não existe mais".
Paulo Bento: "Todos poderão homenagear da melhor forma a figura de Eusébio sendo, naturalmente, dedicados profissionais. Foi aquilo que ele foi: de uma grande dedicação à sua profissão e só assim conseguiu fazer uma carreira a nível nacional e internacional, como ele fez".
Joaquim Evangelista
, presidente do Sindicato dos Jogadores Profissionais de Futebol: "São poucas as palavras para expressar o significado da perda de Eusébio. Eusébio foi e será sempre um símbolo para a classe dos jogadores, do desporto e do futebol em particular. Eusébio contribuiu decisivamente para a criação do Sindicato dos Jogadores Profissionais e esteve sempre ao lado dos seus colegas de profissão, em especial dos mais carenciados".
Bobby Charlton: "Sem dúvida, o Eusébio foi um dos melhores jogadores contra os quais tive o privilégio de jogar. Ele era um verdadeiro desportista. Encontrei-me com ele em várias ocasiões depois de as nossas carreiras terem terminado e ele representou sempre o seu clube e país de forma exemplar. Tenho orgulho em ter sido seu oponente e amigo e estou triste com a notícia da sua morte."
José Ribeiro e Castro: "Uma característica do Eusébio pela qual nós lhe devemos uma extraordinária e impagável gratidão é sua fidelidade. O Eusébio foi um homem de uma enorme fidelidade. Foi fiel aos seus companheiros, aos seus adeptos, aos seus colegas, aos seus amigos, aos benfiquistas, aos portugueses. É um homem que nunca desiludiu, nunca desapontou".
Telma Monteiro: "Parte uma grande figura do desporto português e um símbolo de Portugal e do Benfica no Mundo, é um dia triste. Obrigada por tudo Eusébio. Será eterno entre nós."
Luisão: "É um dia muito triste. O Benfica perde um ídolo, um amigo".
Manuel Fernandes: "Como futebolista, Eusébio era único, diferente de todos os outros, só Cristiano Ronaldo está ao nível dele, nenhum outro se pode equiparar".
Paulo Portas
: "Eusébio foi, no coração dos portugueses, o maior herói popular do século XX e foi um dos portugueses mais internacionais de sempre".
Cristina Ferreira: "Há pessoas que ultrapassam a morte. Porque são eternas. Obrigada Eusébio"
Ricardo Pereira: "Hoje partiste mas nunca deixaste de encantar não só os portugueses como o mundo inteiro! Um dos melhores do mundo de sempre! Força e técnica nos pés e sonhos permanentes na cabeça...um vencedor, conheci-te e inspiraste-me, fica com Deus campeão! Muito obrigado"
Diego Maradona: "A Pantera de Moçambique. RIP Eusébio da Silva Ferreira (1942-2014)"
Pelé:
"Lamento a morte de meu irmão Eusébio. Ficamos amigos na Copa de 66 na Inglaterra"
Pinto da Costa: "Acho que era um nome ímpar no futebol mundial, não só no português. O maior jogador de todos os tempos em Portugal, só um dia o Cristiano Ronaldo certamente lhe será comparável. É um dia triste para o futebol português e mundial"
Jorge Mendes: "Tive o privilégio de ter sido seu amigo e de privar com ele. Foi sempre uma referência do futebol português, além de uma pessoa maravilhosa, que não deixava ninguém indiferente. É um dia muito triste para Portugal, porque Eusébio é, e será sempre, um símbolo deste país. Mas as lendas não morrem nem se esquecem. Vivem para sempre na nossa memória e nos nossos corações. E Eusébio é uma lenda"
Humberto Coelho:
"Recordo a forma como fui recebido pelo Eusébio quando cheguei ao Benfica ainda muito novo. Ele tinha essa característica, de saber receber os jovens e de lhes dar um abraço especial e os incentivar"
António José Seguro: "É um símbolo do nosso país, dos portugueses e fica na nossa memória pela magia e brilhantismo, mas também pela simplicidade com que se relacionou com os portugueses. Levou a Portugal a todo no mundo"
Fernando Santos
: "Todas as homenagens que lhe fizerem vão ser poucas para aquilo que deu ao país"
Maria da Assunção Esteves: "Eusébio era uma lenda viva, de talento e de força, uma lenda agarrada à nossa identidade coletiva, e com isso, de certo modo, nos amparava"
Manuel Alegre:
"Em primeiro lugar não foi uma surpresa, porque sabia que o Eusébio estava muito doente. O que mais me tem impressionado foi ver que há miúdos a chorar pelo Eusébio, miúdos que nunca o viram jogar. Significa que o Eusébio tinha algo dentro de si, que não era só o dom de um grande futebolista, um dom humano muito especial, que as crianças sabem reconhecer"
Julio Iglesias:
"Sinto muito a falta dele porque era um homem maravilhoso, muito carinhoso. Deve ser um dos quatro ou cinco maiores jogadores da história do futebol"
Alfredo Di Stéfano: "Conhecia-o muito bem e não tenho palavras para descrever o que vivemos. Era uma excelente pessoa e como jogador de futebol era um grande conpanheiro e amigo. Fomos adversários e companheiros no futebol. Era uma grande rapaz e ficámos amigos durante o percurso da nossa história futebolística. Juntos fizemos de uma profissão uma diversão. Era muito boa pessoa e ainda jovem".

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras