Nas Bancas

Paul Walker

Paul Walker

Reuters

Paul Walker circulava a 160km/h na altura do acidente

O ator morreu a 30 de novembro.

Lusa
4 de janeiro de 2014, 12:10

A viatura na qual morreu em novembro passado o ator norte-americano Paul Walker, na Califórnia, circulava a cerca de 160 quilómetros/hora, revelou hoje o relatório final dos médicos legistas.
Paul Walker, estrela da série “Fast and Furious”, traduzida em Português como "Velocidade Furiosa", morreu em 30 de novembro em Santa Clarita, a noroeste de Los Angeles, com 40 anos, quando o Porsche GT em que seguia chocou contra uma árvore e se incendiou.
O ator era passageiro da viatura, da qual também o condutor faleceu em resultado do acidente.
O relatório definitivo do instituto médico-legal de Los Angeles, o amigo de Paul Walker que se encontrava ao volante, Roger Rodas, “conduzia o Porsche Carrera GT vermelho a uma velocidade perigosa, em torno dos 160 km/h”.
No texto acrescenta-se que “o veículo foi totalmente destruído e praticamente cortado em dois” e especifica-se que “a maior parte da carcaça da viatura foi carbonizada”.
Os médicos legistas confirmaram que o ator morreu devido a “múltiplos ferimentos traumáticos” e a queimaduras, como já tinham indicado no relatório preliminar. Adiantaram ainda que não tinham encontrado nenhum traço de álcool nem de drogas nos corpos de Walker e do amigo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras