Daniela Mercury ‘grita’ o seu amor por Malu Verçosa

A cantora assumiu a sua relação com a jornalista e acabou por tornar-se porta-voz da luta contra a homofobia no Brasil.

10 Abril 2013 às 17:00

1.jpg
D.R.
fullscreen

De coração aberto e inspirada pelo poder do amor, Daniela Mercury, de 47 anos, mostrou ser uma mulher de personalidade forte, que coloca sua felicidade acima de qualquer julgamento. Foi justamente essa coragem que a levou a comunicar a união com a jornalista Malu Verçosa, de 36 anos, editora-chefe da TV Bahia e apresentadora do programa Salto Alto, da rádio CBN de Salvador, com quem se relaciona há quase quatro meses. O anúncio, feito através das redes sociais, diretamente de Lisboa, onde se encontrava no âmbito da digressão Canibália – Ritmos do Brasil, prontamente ganhou manifestações de apoio. “Malu agora é minha esposa, minha família, minha inspiração para cantar”, publicou a baiana juntamente com imagens das duas em clima de romântico. “Estou feliz, estou amando. Sou uma pessoa realizada”, adiantou.

Mãe do músico Gabriel, de 26 anos, e da bailarina Giovana Póvoas, de 25, do casamento de 12 anos com o engenheiro Zalther Póvoas, e de Márcia, de 14 anos, Analice, de 10, e Ana Isabel, de dois, adotadas com o ex-marido, o publicitário italiano e sócio da agência Mix Brad Experience Marco Scabia, a cantora explica como foi a reação dos filhos diante da notícia. “Todos eles adoram a Malu e a rotina das crianças não será alterada. Agora, elas terão mais amor e mais atenção com duas mães!”, afirmou.

A atitude corajosa da artista de assumir publicamente um relacionamento homossexual ainda serviu para endossar as manifestações contra as polémicas e conservadoras declarações do presidente da Comissão de Direitos Humanos, o deputado Marco Feliciano, sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo. “A importância disso é deixar ainda mais claro para todos que a nossa união não tem nada de diferente. Numa época em que temos um Feliciano desrespeitando os direitos humanos, grito meu amor aos sete ventos. Quem sabe assim haja alguma lucidez no congresso brasileiro”, concluiu Daniela, colocando, mais uma vez, sua liberdade de expressão em primeiro lugar e fazendo do assunto um debate nacional. “Não foi por causa do Feliciano que fiz esse anúncio, mas fico feliz por ter acontecido isso comigo num momento importante para o Brasil e também para que as pessoas tenham coragem de dizer quem elas são de verdade. A  Malu deu-me coragem para tal atitude”, adiantou.

– Depois de ter comunicado a união, o que espera que mude no vosso dia a dia, seja na rotina familiar, de cantora de sucesso e Embaixadora do Unicef? Existe algum receio que essa atitude prejudique sua imagem ?

– Não esperamos nenhuma mudança na nossa rotina familiar. O que rege os embaixadores da Unicef é a Declaração Universal dos Direitos Humanos que celebra o direito das pessoas serem como são. É proibido qualquer tipo de preconceito dentro da ONU. Eu canto para me expressar como pessoa e fica ao critério de cada um acolher a minha arte ou não. Eu não acredito que o meu amor cause nenhum tipo de problema.

– A Daniela e a Malu já dividem ou planeiam dividir casa? E como fica a rotina das crianças com uma nova família? Tem receio de que elas sofram algum tipo de preconceito?

– Voltámos de viagem casadas e estamos a morar juntas. A rotina das crianças não será alterada. Elas terão agora mais amor, mais atenção, com duas mães em casa. Todos os meus filhos adoram a Malu. Quanto ao preconceito, caso isso venha a acontecer, eles estão preparados para vencer qualquer tipo de agressividade com firmeza e delicadeza, educando os colegas ou quem quer que seja a respeitar-nos como somos.

– Planeiam oficializar a união? Qual seria a importância desse ato, tanto para o casal como para a sociedade?

– Nós estamos a organizar a nossa vida e pensamos, sim, em oficializar a união. Estamos muito orgulhosas da Bahia ser um dos Estados onde o casamento é possível. A importância disso é deixar ainda mais claro para as pessoas que nossa união não tem nada de diferente.

Clique para saber mais no site da CARAS Brasil

Palavras-chave do artigo
cantora, Daniela Mercury, homofobia, Malu Verçosa, união

Relacionados

Comentários
Atenção:
este é um espaço público e moderado. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

 

ÚLTIMAS

Relacionados

Inquérito

Espanha

Espanha

Estará Letizia preparada para ser rainha?

EM DEBATE
no Momento
Share