Nas Bancas

Michael Schumacher

Michael Schumacher

D.R.

Michael Schumacher está em coma

O ex-piloto sofreu um "sério traumatismo craniano" e estava em coma quando chegou ao Hospital de Grenoble.

Lusa
29 de dezembro de 2013, 23:41

O ex-piloto alemão Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, está em coma e em estado crítico depois do acidente de esqui sofrido na manhã de hoje na estância de Méribel, nos Alpes franceses.
De acordo com uma informação do hospital, o alemão, de 44 anos, "sofreu um sério traumatismo craniano" e estava em coma quando chegou ao Hospital de Grenoble, necessitando de uma "operação neurocirúrgica imediata".
De acordo com as televisões públicas alemães ARD e ZDF, que citam fontes hospitalares, Schumacher corre perigo de vida.
Michael Schumacher foi transferido de helicóptero da estância alpina de Méribel para Grenoble, quando se percebeu que o seu estado era mais grave do que se pensava de início.
O antigo piloto sofreu na manhã de hoje (11h07 locais, 10h07 em Lisboa) um acidente de esqui quando bateu com a cabeça numa rocha na sequência de uma queda quando esquiava fora da pista da estância de Méribel, nos Alpes franceses.
Schumacher foi inicialmente hospitalizado em Moutiers, mas, pelas 12h45 locais (11h45 em Lisboa), foi transferido para Grenoble, de forma a realizar mais exames, ao concluir-se que o seu estado poderia sermais grave do que inicialmente parecia, segundo adiantou o jornal alemão Bild.
Na primeira informação oficial, prestada pelo diretor-geral da estância de Meribel, Christophe Gernignon-Lecomte, o estado de Schumacher não parecia tão grave: "Está no hospital de Moutiers, está consciente e, aparentemente, o acidente não é demasiado grave", disse.
Sabine Kehm, porta-voz do antigo piloto, anunciou entretanto que Schumacher "levava capacete e não estava sozinho" quando aconteceu o acidente e que "mais ninguém esteve envolvido".
Segundo a rádio France Info, Schumacher, que é dono de uma casa em Méribel, estava acompanhado pelo filho de 14 anos.
O Bild noticia ainda que o neurocirurgião Gerard Saillant, amigo pessoal de Schumacher, já viajou de Paris para Grenoble, para acompanhar diretamente o processo.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras