Nas Bancas

Cláudio Ramos volta a escrever sobre o irmão mais novo no seu blogue

Luís é um dos finalistas do programa 'Casa dos Segredos 4', da TVI.

Redação CARAS
16 de dezembro de 2013, 17:37

"... E pronto, o Luís Paulo está na final da 'Casa dos segredos' e todos esperam uma reacção minha. Se fico orgulhoso por ele estar numa final desta natureza? Fico orgulhoso por ter chegado a tantos dias de um programa desta natureza e nunca o ouvir gritar, discutir de forma mal educada, não o ouvir dizer um único palavrão nem faltar ao respeito a ninguém. Não o vi pisar nenhum colega para se fazer engraçado. Disso sim, tenho orgulho. Eu e a família toda. Mas não nos surpreendeu porque o Luís Paulo é ali dentro daquela casa, o mesmo que é em minha casa, na casa dele. É ali dentro o que é cá fora com os amigos, com a mãe, com os irmãos, com os sobrinhos... aliás, olhar para ele ali dentro é vê-lo brincar com a minha filha. As birras que ele ali fez, fez tantas vezes com a  Leonor, a sua irritante insistência em resolver tudo no momento é prática comum lá por casa... Orgulho, é vê-lo chegar a uma etapa onde, acredito, se sinta feliz. Não imagino, como já uma vez disse, o que o levou a concorrer, mas fico satisfeito que esteja numa final. Fica a prova que programas desta natureza não são feitos apenas para este ou aquele, que não podem nem devem existir preconceitos nem rótulos de gente que concorre por esta ou aquela razão. Hoje, o Luís Paulo está na final, com a ajuda da Joana que o nomeou directamente (obrigado, Joana!) mas também muito graças a ele, aliás, a própria Joana disse que sem o Luís, ela não chegaria tão longe. Na prática, o que o meu irmão passa lá, é  a mensagem que defendemos todos em casa há muitos anos: que sozinhos não somos nada nem vamos a lado nenhum. Que  uma vitória, seja ela qual for, só faz sentido e sabe bem se for dividida. Isso sim, nos enche de orgulho... Olhar para ele ali, atrapalhado com as palavras, com as dificuldades próprias da sua idade num raciocínio que muitas vezes tropeçou nas dificuldades da vida, mas acima de tudo verdadeiro, e mesmo que ele empregue a palavra 'vice-versa' por tudo e por nada é um grande concorrente. É um grande irmão, é um filho que deixa os pais orgulhosos, é um tio preocupado, paciente e babado... e será sempre o meu irmão bébe, que pelos vistos cresceu e agora não é só lá de casa. Obrigado a todos. Aconteça o que acontecer, nós, estamos orgulhosos dele e gratos pelo apoio de todos. Mesmo! E acreditem que o processo não foi fácil, sendo o Luís irmão de quem é. Por ser quem sou, e por ter participado numa experiência do género. A minha família, que viu, leu, e ouviu muitas mentiras neste tempo,  é uma grande família, que aguentou, discreta e resguardada e com a força toda tudo o que lhe aconteceu estes dias. Só as grandes familias o aguentam. Recebemos também os maiores elogios ao Luis, ao desempenho dele, à educação, ao comportamento. E tudo ouvimos igualmente quietos. Porque percebemos desde o primeiro dia, que este é o momento do Luís, independentemente do apelido. Sem fazer qualquer juizo de valor e conscientes do que um programa desta natureza envolve. Continuam a interessar-me as razões que o levaram a concorrer, mas interessa-me a mim, e a todos nós, muito mais a sua felicidade!", escreveu Claúdio Ramos no seu blogue, Eu, Cláudio!. No mesmo post, o apresentador da rubrica Jornal Rosa, do programa Querida Júlia, publicou uma fotografia onde Luís aparece com a sua filha, Leonor.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras