Nas Bancas

André Villas-Boas

André Villas-Boas

Getty Images

André Villas-Boas recusa demitir-se do comando do Tottenham

Depois de mais uma derrota, o português recusa-se a desistir.

Lusa
16 de dezembro de 2013, 11:59

O treinador português do Tottenham, André Villas-Boas afirmou hoje que não se vai demitir do cargo, depois do desaire caseiro por 5-0 face ao Liverpool, sofrido domingo, na 16.ª jornada da Liga inglesa de futebol.
"Não me demito, pois não sou um desistente. A única coisa que posso fazer é trabalhar no duro com os jogadores e tentar voltar aos bons resultados", disse o técnico luso, após a mais pesada derrota caseiro dos spurs em 16 anos.
Num campeonato em que já havia perdido por 3-0 em casa com o West Ham e por 6-0 no reduto do Manchester City, o Tottenham caiu para o sétimo posto, a oito pontos do líder Arsenal e cinco do quarto colocado, o último de acesso à Liga dos Campeões.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras