Nas Bancas

Crianças doentes ganham “casa longe de casa” no Porto

Cinco anos depois de ter sido construída a primeira Casa Ronald McDonald em Portugal, em Lisboa, que já ajudou mais de 700 famílias, foi inaugurada agora a segunda casa, desta vez no Porto, no Centro Hospitalar de São João.

Joana Brandão
11 de dezembro de 2013, 11:51

Uma casa longe de casa éo que pretende ser a residência que a Fundação Infantil Ronald McDonaldinaugurou esta semana no Centro Hospitalar de São João, no Porto. “Hoje é um dia de alegria. Esta obra é umaprova muito concreta de que Portugal é um país solidário. Aqui, a dor será maissuportável, aqui, o colo é mais quentinho”, afirmou Maria Cavaco Silva perante uma plateia de ilustres da sociedadeportuense.
Construída para acolher 12 famílias do norte com crianças em tratamentohospitalar prolongado no São João e no IPO, a Casa Ronald McDonald “vai ser um refúgio para as famílias commais dificuldades”, referiu João SáNogueira, presidente daquela fundação.

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras