Nas Bancas

1.jpg

Getty Images

Dalai Lama lamenta perda de Mandela, um "querido amigo"

Madiba morreu ontem, 5 de dezembro, aos 95 anos.

Lusa
6 de dezembro de 2013, 13:26

O Dalai Lama declarou hoje ter perdido um "querido amigo", que descreve como "um homem de coragem, princípios e inquestionável integridade", numa carta endereçada à família de Nelson Mandela.
"A maior homenagem que podemos prestar é fazer tudo o que pudermos para contribuir para honrar a unidade da humanidade e trabalhar pela paz e pela reconciliação, como ele fez", disse o líder espiritual tibetano no exílio, num comunicado publicado no seu portal na Internet.
A morte de Nelson Mandela, aos 95 anos, quinta-feira à noite em Joanesburgo, foi anunciada pelo presidente da República da África do Sul, Jacob Zuma, numa comunicação televisiva.

Palavras-chave

Comentários

ATENÇÃO: ESTE É UM ESPAÇO PÚBLICO E MODERADO. Não forneça os seus dados pessoais (como telefone ou morada) nem utilize linguagem imprópria.

Nas Bancas

Newsletters

Receba grátis no seu email as notícias, as últimas caras!

Caras Nas Redes

Mais na Caras